Luis Fabiano é expulso, mas Vasco arranca empate com Fla com pênalti no fim

Do UOL, no Rio de Janeiro

Debaixo de muita chuva em Brasília, o Flamengo e Vasco empataram em 2 a 2, no Estádio Mané Garrincha. A igualdade foi um justo reflexo de uma partida que foi dominada em cada tempo por uma das equipes

Até a expulsão de Luis Fabiano, que "peitou" o juiz após levar um cartão amarelo, o jogo estava à feição do Vasco, que vencia por 1 a 0 e estava mais organizado em campo.

A partir do momento em que o jogo ficou 11 contra 10, o Flamengo, com Willian Arão e Berrío, virou a partida e pareceu que ia levar a vitória de volta para casa.  O empate aconteceu após pênalti inexistente marcado já nos acréscimos. Nenê bateu e empatou a partida, sob muitos protestos dos rubro-negros.

Na próxima rodada, o Cruz-maltino recebe o Boavista em São Januário. Já o Flamengo visita o Volta Redonda.

COMPACTAÇÃO X CHUTÃO

O Vasco foi uma equipe bem melhor distribuída no gramado no primeiro tempo. Ainda que Milton Mendes tenha apenas dois jogos à frente da equipe, o Vasco já é um time com um pouco mais de organização e solidez defensiva.

Já o Flamengo fez uma partida com quase nenhuma inspiração e soube se aproveitar do cartão vermelho. Com muitos chutões e cruzamentos para a área, o time apostou em Damião, que furou na melhor chance rubro-negra na etapa inicial.

Dado este panorama, o Vasco soube se aproveitar da sua superioridade para abrir o marcador na parte inicial do Clássico dos Milhões. O gol saiu após bom passe de Nenê, que encontrou Yago Pikachu dentro da área para vencer Muralha e abrir o placar.

LUIS FABIANO INDOMÁVEL

O atacante não fazia um grande jogo, mas teve participação decisiva no lance do gol de Pikachu. Aos 8 do segundo tempo, o camisa 9 reviveu seus "melhores" momentos. Por falta em Márcio Araújo, ele levou um cartão amarelo. Indignado com a marcação de Luiz Antonio Silva Santos, o jogador "peitou" o juiz e levou o vermelho. O jogo mudaria completamente a partir deste acontecimento.

FLAMENGO VIRA, VASCO EMPATA

Com um jogador a mais, o Rubro-negro tentou fazer valer a sua superioridade. E foi o que aconteceu. O Flamengo sufocou o Vasco em seu campo defensivo, abusou da velocidade e logo chegou ao empate. Após escanteio cobrado por Mancuello, aniversariante do domingo, Willian Arão cabeceou sem chances para Jordi. Cinco minutos depois, Berrío bateu no alto sem chance para Jordi e decretou a virada do Flamengo.

Apesar do resultado adverso, não faltou luta ao Vasco, que ainda acertou o travessão com Douglas Quando a partida parecia definida, o árbitro anotou pênalti inexistente de Renê. Na cobrança, Nenê marcou.

ARTILHEIRO IMPROVÁVEL

Principal aposta do técnico Milton Mendes nesse início de trabalho, Yago Pikachu, agora jogando mais avançado, tem correspondido. Nos dois jogos do novo comandante, ele foi o autor dos dois dos três gols vascaínos até agora.

TUDO ESCURO

Aos 27 minutos da etapa inicial, o Estádio Mané Garrincha sofreu um apagão completo. Durante os nove minutos até que a energia fosse restabelecida, os técnicos aproveitaram para passar instruções aos seus times.

EM BRANCO

Não foi dessa vez que Luis Fabiano desencantou com a camisa do Vasco. Em sua quinta partida pelo clube, o atacante ainda não balançou a rede. Ele está em busca de seu gol de número 400 na carreira.

ESTILO

Nem a forte chuva que caiu na capital fez com que o técnico Milton Mendes perdesse a pose. Durante os 90 minutos, o vascaíno seguiu com seu terno e gravata. Por conta do clima, Zé Ricardo optou pela praticidade e optou por uma capa com capuz.

FLAMENGO 2 X 2 VASCO

Local: Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 26/03/17
Árbitro:  Luiz Antonio Silva dos Santos
Auxiliares:   Daniel do Espírito Santo e Diego Luiz Couto Barcelos
Cartão amarelo: Everton, Willian Arão (Flamengo), Jean, Jordi, Luis Fabiano, Jomar (Vasco)
Cartão vermelho:  Luis Fabiano (Vasco)
Gol: Yago Pikachu, aos 15 min do primeiro tempo; Willian Arão, aos 14 minutos, e Berrío, aos 19, Nenê, aos 49 minutos do segundo tempo.

FLAMENGO: Muralha, Pará, Réver (Léo Duarte), Rafael Vaz e Renê; Márcio Araújo, Willian Arão e Mancuello (Lucas Paquetá); Berrío (Marcelo Cirino), Everton e Leandro Damião. Técnico: Zé Ricardo

VASCO: Jordi, Gilberto, Jomar, Rafael Marques e Henrique; Jean (Thalles), Douglas, Yago Pikachu (Manga Escobar), Nenê e Andrezinho (Escudero); Luis Fabiano. Técnico Milton Mendes

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos