Flu sofre dois gols de atacante veterano e fica no empate com Madureira

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

Um velho conhecido do torcedor tricolor acabou sendo o algoz do Fluminense na tarde desta quarta-feira no estádio de Moça Bonita (RJ). Com dois gols, o veterano atacante Julio César, de 37 anos, ex-jogador do clube, do Figueirense, do Coritiba, entre outros, ajudou o Madureira a sair com o empate em 2 a 2.

Apesar do tropeço, o Fluminense segue tranquilo na liderança do Grupo C da Taça Rio e já está classificado para as semifinais do Campeonato Carioca com a vantagem do empate por ter sido campeão da Taça Guanabara.

Impedido

O primeiro gol marcado por Julio César, ainda aos 6 minutos do primeiro tempo, foi em impedimento, algo que deixou o técnico Abel Braga bastante furioso.

Que defesas!

Aos 31 minutos do primeiro tempo, o goleiro Rafael Santos brilhou intensamente em Moça Bonita. Primeiro num chute no cantinho de Wellington Silva, onde deu rebote para Lucas. O lateral direito, então, ficou livre e parecia que só precisava escorar para o gol, mas foi quando o arqueiro se recuperou e, num salto elástico, executou a segunda defesa de maneira fantástica.

Já aos 41 da etapa final ele novamente salvou o Madureira ao espalmar bola venenosa em falta cobrada por Marcos Júnior.

"Fico feliz pelas defesas. É sempre uma grande dificuldade enfrentar jogadores de alto nível. Os goleiros são sempre os últimos a sair de campo, então fico ainda mais feliz pelo esforço recompensado", disse Rafael Santos ao Sportv. 

Na trave!

Um minuto após sofrer o primeiro gol de Júlio César, o Fluminense quase chegou ao empate após uma investida de Léo Pelé na esquerda em que Richarlison, no rebote, chutou na trave direita do Madureira.

Refugiados

Antes de a bola rolar em Moça Bonita, Madureira e Fluminense fizeram uma homenagem aos mais de 65 milhões de refugiados. Além dos clubes entrarem com 15 crianças que vivem no Brasil após fugir de guerras pelo mundo, o ex-refugiado guineense e atacante do Tricolor suburbano, Abdoulaye Maza Sylla, ganhou uma bandeira que representa estas pessoas.

Parabéns!

Ainda na concentração, no horário do almoço, jogadores e funcionários do Fluminense cantaram parabéns para o jovem zagueiro Nogueira, que completou 22 anos nesta quarta-feira (29).

MADUREIRA 2 X 2 FLUMINENSE
Local:
Moça Bonita, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique e Thiago Henrique Neto Corrêa
Cartões amarelos: Jorge Fellipe, Douglas Lima (MAD); Nogueira, Marquinho, Wellington Silva (FLU)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Julio Cesar, aos 6 minutos do primeiro tempo (MAD); Pedro, aos 13 minutos do segundo tempo (FLU); Nogueira, aos 16 minutos do segundo tempo (FLU); Julio César, aos 22 minutos do segundo tempo (MAD); 

Madureira
Rafael Santos, Arlen, Alex Moraes, Jorge Fellipe e Douglas Lima (Wellington Saci); William, Rezende, Kevin e Luciano Naninho (Walney); Geovane Maranhão (Mazza) e Julio Cesar
Técnico: PC Gusmão

Fluminense
Júlio César, Lucas, Nogueira, Henrique e Léo Pelé; Luiz Fernando, Marquinho (Marcos Júnior) e Sornoza; Wellington Silva (Maranhão), Pedro e Richarlison (Lucas Fernandes)
Técnico: Abel Braga

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos