Vasco adota precaução e não escala Jomar após erro na súmula

Bruno Braz*

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

    Jomar no duelo com o Botafogo onde se tornou pivô da polêmica

    Jomar no duelo com o Botafogo onde se tornou pivô da polêmica

Mesmo com certo respaldo da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), o Vasco adotou precaução e não escalará o zagueiro Jomar na partida desta quinta-feira contra o Boavista após o erro na súmula do árbitro Grazianni Maciel Rocha no clássico com o Botafogo, onde levantou-se a dúvida se o defensor estaria ou não em condições de jogo esta noite.

Entenda o caso

A confusão, apontada inicialmente pelo Sportv, se deu da seguinte forma: Jomar, atuando com a camisa 4, acumulou cartões amarelos nos duelos com o Macaé e o Rubro-Negro, o que o coloca, teoricamente, na situação de "pendurado".

No entanto, no clássico com o Alvinegro, o defensor, jogando com a 3, foi advertido com um amarelo após um carrinho num adversário botafoguense.

A polêmica então se dá porque, na súmula, o árbitro Grazianni Maciel Rocha o identifica como "Rafael Marques", mesmo anotando a numeração da camisa de Jomar – 3 - corretamente (veja abaixo).

Divulgação Ferj
Súmula de cartões coloca número 3 como Rafael Marques

O quadro se configura ainda mais confuso já que no documento emitido pelo Vasco antes do jogo, Jomar está numerado com a 4, embora não tenha vestido-a no clássico (veja abaixo).

Divulgação Ferj
No documento do Vasco, Jomar aparece com a 4, embora tenha jogado com a 3

Vale lembrar que, desde o retorno de Eurico Miranda à presidência, o Vasco não adota numeração fixa em seus uniformes da equipe profissional.

Recomendação

Mais cedo, o procurador-geral do TJD, André Valentim, já havia recomendado a não escalação de Jomar por parte do Vasco.

"Eu ainda não tomei conhecimento de toda a situação mas, ao que parece, vai depender do Boavista entrar com uma notificação ou não caso se sinta prejudicado. A cautela seria não colocar para evitar problemas futuros. O Vasco tem sua parte administrativa que tem seus controles. Se realmente existe esse risco, não deveria colocar", declarou ao UOL Esporte o procurador-geral.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos