Botafogo vence Resende com bicicleta de Sassá e garante vaga em duas semis

Do UOL, em São Paulo

O curioso regulamento do Campeonato Carioca permitiu ao Botafogo garantir lugar em duas semifinais neste domingo (02). Ao vencer o Resende por 3 a 2, a equipe alvinegra confirmou classificação para a fase final da Taça Rio e também para a decisão do Estadual. Se a vitória por si só não bastar ao torcedor, fica para a história a linda bicicleta de Sassá, que já tinha marcado um de pênalti e basicamente resolveu a parada. Rodrigo Lindoso também marcou para o Botafogo; Pingo e Thiago Sales descontaram.

O Botafogo volta a campo para enfrentar o Fluminense no final de semana que vem. A vaga na final da Taça Rio será definida em jogo único, com o time da Estrela Solitária tendo a vantagem do empate. A equipe alvinegra joga as semis do Estadual daqui a três semanas, independentemente do desempenho na Taça Rio. Já o Resende, sem ambições tão grandes, terá que passar pela preliminar do Carioca 2018 para participar da fase de grupos.

Quem brilhou: Sassá pedala para a redenção

Depois de tanta celeuma no início da temporada, Sassá ganha sobrevida após os dois gols deste domingo. A torcida alvinegra pediu a sua entrada, e Jair atendeu aos 28 minutos do segunto tempo. Ele mandou chute perigoso como cartão de visitas e chamou a responsabilidade ao converter cobrança de pênalti que desempatou a partida aos 40. Logo em seguida, a pintura: uma bicicleta na medida para ninguém botar defeito.

Deu errado: jogo morno quase vira armadilha para o Botafogo

O segundo tempo mostrou um Botafogo bem menos dominante do que o primeiro. É verdade que o time da casa seguiu presente no campo ofensivo, mas sem o poder de fogo anterior, e isto o colocou em posição desconfortável: pouco perigoso e suscetível a contra-ataques. Foi em um destes que o Resende empatou em 1 a 1 aos 21 do segundo tempo. O jogo ganhou emoção e obrigou o Botafogo a pressionar e conseguir resolver com Sassá.

Insistência pelos lados e queda de produção

Foi forte o jogo do Botafogo pelos lados. As subidas de Marcinho pela direita foram boas na primeira meia hora de partida e fizeram o time da casa frequentar a área rival com naturalidade. Mas a arma aos poucos foi deixada de lado pelo time da Estrela Solitária, o que devolveu equilíbrio ao confronto e permitiu ao Resende se reorganizar. Os gols da vitória, na reta final, voltaram a ter a marca do trabalho pelos lados.

Ataque titular não se encontra

Faltou a Rodrigo Pimpão ser mais participativo e encarar um pouco mais os duelos individuais. Ele apareceu pouco e quase nunca dentro da área. Roger também ficou longe de repetir suas melhores atuações. E não foi por falta de tentativa, pois ele teve duas boas chances de balançar a rede. A favor do centroavante cabe a ressalva da boa movimentação. Guilherme e Sassá, que entraram no segundo tempo, tiveram boas atuações.

Novo desfalque complica a vida de Jair

Marcinho vinha fazendo boa partida pela direita, chegando com perigo à linha de fundo e até arriscando chute de longe, mas se lesionou. Ele sofreu entorse no joelho e saiu ainda no primeiro tempo, agora deve passar por reavaliação nesta terça-feira (04) para conhecer a gravidade da contusão. Se for algo sério, reduz ainda mais as alternativas do técnico Jair Ventura no setor, visto que o titular Jonas também está lesionado.

Ficha Técnica

Botafogo 3 x 2 Resende
Data: 02/04/2017
Local: Estádio Nilton Santos (Engenhão), Rio de Janeiro-RJ
Hora: 16h00 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga
Assistentes: Diego Carvalho Silva e Carlos Henrique Cardoso de Souza
Cartões Amarelos: Emerson Silva, Rodrigo Pimpão e Sassá (Botafogo); Chacal e Robinho (Resende)
Cartão Vermelho: não houve
Gols: Rodrigo Lindoso aos 30 minutos do primeiro tempo; Pingo aos 21, Sassá aos 40' e aos 41', e Thiago  Sales aos 46 minutos do segundo tempo.

Botafogo: Gatito Fernández; Marcinho (Fernandes), Renan Fonseca, Emerson Silva e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Montillo e Camilo (Guilherme); Rodrigo Pimpão e Roger (Sassá). Treinador: Jair Ventura.

Resende: Arthur; Muriel, Marcelo Costa, Thiago Sales e Dieyson; Vitinho (Lohan), Chacal, Léo Silva e Marcel (Robinho); Pingo (Wandinho) e Jhulliam. Treinador: Ademir Fonseca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos