Técnico do Fla defende Rafael Vaz e ainda não sabe quem escalar na Taça Rio

Do UOL, no Rio de Janeiro

O técnico Zé Ricardo saiu em defesa do zagueiro Rafael Vaz no Flamengo após o empate por 1 a 1 com o Fluminense, neste domingo (2), em Cariacica. O jogador cometeu algumas falhas em saídas de bola e ainda foi o atleta rubro-negro no qual a bola desviou no gol marcado pelo tricolor Wendel.
Rafael Vaz foi vaiado pela torcida e não passa pelo melhor momento na Gávea. Após o clássico, Zé Ricardo deu força ao atleta.

"O torcedor é exigente, mas a responsabilidade é toda minha. Peço para que os jogadores tentem a saída de bola construindo jogadas. Só fazemos ligação direta em último caso. Em alguns momentos, os atletas vão errar. O Rafael Vaz, o Márcio Araújo... São jogadores de alto nível. Eles continuarão ajudando o time dentro do que pensamos de futebol", afirmou.

Já nas semifinais do Campeonato Carioca e com a vantagem do empate para chegar à decisão no duelo contra o Botafogo, o Flamengo tem pela frente no próximo final de semana o clássico diante do Vasco pela semifinal da Taça Rio. Neste caso, a vantagem do empate é do Cruzmaltino. A preocupação, no entanto, é rubro-negra.

Na quarta-feira (12), o Flamengo recebe o Atlético-PR, no Maracanã, pela Copa Libertadores. Como a Taça Rio se transformou em um torneio amistoso por conta do regulamento, o técnico Zé Ricardo nem sequer sabe o time que mandará a campo no clássico.

"Temos duas linhas de raciocínio. Vamos esperar a data do jogo contra o Vasco. Se houver necessidade de jogar com o que temos de melhor, faremos. Como também pode ser que não venhamos com todo mundo. Vamos aguardar. Para nós, seria interessante que a semifinal da Taça Rio fosse no sábado por conta do importante compromisso que temos pela Libertadores", encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos