WhatsApp vaza e Zé Ricardo recebe ameaças; Flamengo estuda o caso

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Staff Images / Flamengo

    O técnico Zé Ricardo recebeu ameaças através de mensagens no telefone celular

    O técnico Zé Ricardo recebeu ameaças através de mensagens no telefone celular

O técnico do Flamengo, Zé Ricardo, recebe ameaças de torcedores em seu telefone celular desde a noite do último domingo (2). O número do treinador foi divulgado em grupos de torcedores no aplicativo de mensagens WhatsApp logo após o empate por 1 a 1 com o Fluminense. A informação foi divulgada pelo Globoesporte.com e confirmada pela reportagem do UOL Esporte.

Zé Ricardo recebeu centenas de mensagens com xingamentos e pedidos pela saída de alguns jogadores do time rubro-negro. O zagueiro Rafael Vaz e o volante Márcio Araújo foram os mais citados pelos torcedores que invadiram o celular particular do técnico.

O departamento jurídico do Flamengo estuda o caso. Os advogados verificaram que o vazamento do número não configura crime de informática, porém, as ameaças podem ser consideradas caso o treinador opte por levar o caso adiante.

A princípio, Zé Ricardo não tem essa ideia. De perfil sereno, o técnico prefere esperar a poeira baixar, apesar de estar bastante chateado pelo ocorrido que também invadiu a privacidade da sua família.

O clube está prestando todo o apoio ao técnico e repudiou com veemência a atitude do torcedor que vazou o número do profissional e incentivou outros a pressioná-lo por conta das escolhas no time do Flamengo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos