Abel revela desculpas de auxiliar após erro em gol impedido do Botafogo

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Fluminense perdeu de 3 a 1 para o Botafogo e está eliminado da Taça Rio. O segundo gol alvinegro veio após um erro do assistente Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa, que não percebeu cinco jogadores em posição de impedimento. O técnico Abel Braga lamentou esse erro e um possível pênalti em Marcos Jr, mas elogiou o auxiliar envolvido no lance, que chegou a pedir desculpas, segundo o treinador.

"Eu perdoo o erro do bandeira, esse eu conheço. Idôneo, correto, ele com certeza reconhece que errou. Chegou a pedir desculpas. O Arnaldo sem ver o replay, falou que estava impedido. Mas já passou, ficou para trás. Não é sempre que a garotada vai ter grande atuações. Valeu a pena como entrega. Algumas coisas boas. Luis Fernando surpreendente na direita. Não fico contra os meus jogadores na derrota. Lamentamos a desconcentração do primeiro gol. Esquece o segundo, mas estava 2 a 0. Toma o terceiro com um minuto do segundo tempo. Mas não deixamos de lutar, isso é legal. A equipe está com o mental muito forte", disse Abel Braga.

Sobre o jogo, o treinador deixou claro que os erros de arbitragem foram decisivos e que isso precisa ser levado em consideração na análise. Ele, porém, deixa claro que tirou fatos positivos e negativos do duelo.

"Impedimento, pênalti não marcado e derrota. Vamos para a próxima. Estou contente. Claro que não com o resultado, mas pela entrega. Dá para perceber que uma equipe faz dois gols no Fluminense, e nós não baixamos o braço, não deixamos de lutar. O torcedor cantando com o 3 a 0 contra. Valeu, vamos tirar alguns ensinamentos", afirmou Abel.

"Não podemos levar o primeiro gol daquela maneira. Bola levantada de forma lenta, que viaja, dá para fazer tudo. No segundo gol, eu falei agora para os jogadores: não existiu. Foi o recorde de gol irregular, cinco jogadores. É definido quem marca quem. Houve falha no primeiro, no segundo não. Mas não vou criticar o bandeira, é o melhor do Rio. Mas sobre o árbitro... O critério dos cartões, não deu amarelo no pênalti. Quando perguntei quem era, falaram que não tinha apitado clássicos. Achei estranho, mas não vou comentar", completou o treinador do Fluminense.

Campeão da Taça Guanabara, o Fluminense foi eliminado da Taça Rio e, agora, aguarda as semifinais gerais do Campeonato Carioca. Antes, porém, o Tricolor tem compromisso pela Copa do Brasil. Nesta, quinta, a equipe encara o Goiás, no Serra Dourada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos