"Não pode ter essa atitude", diz Jair Ventura sobre expulsão de Bruno Silva

Do UOL, em São Paulo

O técnico do Botafogo, Jair Ventura, não gostou da expulsão do volante Bruno Silva na derrota por 2 a 0 para o Vasco, neste domingo (16), no Engenhão, pela final da Taça Rio.

Logo após o fim da partida, o jogador chutou a bola e acertou o peito do árbitro, que imediatamente sacou o cartão vermelho do bolso.

"É o meu capitão e o cara que, em termos de competitividade, é o meu espelho. Teve uma atitude que eu não vi, mas não pode. Ainda vou falar com ele. Tem que saber perder", disse Jair após a partida. O técnico ainda espera contar com o volante na semifinal do Estadual, contra o Flamengo.

Vítor Silva/SSPress/Botafogo
O técnico Jair Ventura, do Botafogo, durante jogo contra o Vasco

O zagueiro Marcelo, que jogou improvisado na lateral direita, também foi expulso. Levou o segundo cartão amarelo aos 18 minutos do segundo tempo.

"Não vamos crucificar ninguém. Ele [Marcelo] tem méritos. Eu sempre falo em terminar com 11 jogadores, pois os jogos são muito equilibrados. Vamos conversar para que isso não se repita", afirmou.

De olho na Libertadores, o Botafogo atuou com uma equipe formada praticamente por reservas. Apesar do resultado, o treinador gostou do que viu.

"Mesmo com muitos meninos nós fizemos um grande jogo. Tomamos um gol aos 41 minutos do segundo tempo de bola parada. Estou feliz pela performance deles. A base está com um trabalho maravilhoso. São meninos e vão oscilar, mas estamos no caminho certo", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos