Vasco tem falha de goleiro e sofre gol da derrota da Cabofriense no fim

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Vasco sofreu dois duros golpes e acabou sendo derrotado pela Cabofriense por 2 a 1, nesta quarta-feira, em Bacaxá (RJ), pelo Campeonato Carioca. No primeiro gol, o Cruzmaltino teve a falha do jovem goleiro Gabriel Félix, e o segundo aconteceu aos 45 minutos do segundo tempo. Nenê descontou para o time de São Januário de pênalti.

Esta foi a segunda derrota do Vasco na competição. Na estreia, havia perdido para o Bangu. Na próxima rodada, o time de Zé Ricardo tem pela frente o clássico com o Flamengo, neste sábado, no Maracanã, e uma vitória é considerada primordial para as pretensões de classificação. 

Na trave!

Aos 9 minutos do primeiro tempo, Caio Monteiro fez ótima jogada pelo meio e tocou para Rildo. O atacante ajeitou com perfeição para Nenê, que bateu colocado. A bola bateu no travessão e saiu.

Só bomba!

Conhecido por seus chutes fortes, o volante Bruno Paulista estava com a pontaria afiada em Bacaxá (RJ). Aos 30 minutos do primeiro tempo, arriscou de muito longe, mas a bola saiu venenosa, com força e tirou tinta da trave da Cabofriense.

A falha

A falha de Gabriel Félix aconteceu aos 34 minutos, quando Paulo Sérgio cobrou falta venenosa para a área e o goleiro "bateu roupa". Victor Silva, que estava esperto no rebote, empurrou para o fundo do gol.

É pênalti!

Nenê recebe lançamento na grande área aos 3 minutos do segundo tempo e recebe um toque do zagueiro da Cabofriense. A arbitragem assinala pênalti que o próprio converte e empata para o Vasco.

Novidades

Muitas novidades estavam entre os relacionados do Vasco para o jogo. Da base: João Pedro (goleiro), Miranda (zagueiro), Rafael França (lateral direito), Lucas Santos (atacante) e Marrony (meia). Entre os reforços, o atacante Rildo.

Velhos conhecidos

A equipe da Cabofriense possuía velhos conhecidos do futebol carioca. O treinador é Antônio Carlos Roy, com passagens por diversos clubes do Rio de Janeiro. Também tinha os ex-tricolores Leandro Euzébio e Claudio Pitbull, além do ex-lateral direito Paulo Sérgio, hoje com 39 anos, que disputou a Série B de 2009 pelo Vasco.

CABOFRIENSE 2 X 1 VASCO
Estádio:
Elcyr Resende de Mendonça, em Saquarema (RJ)
Data/hora: 24/1/18, às 17h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e João Luiz Coelho (RJ)
Cartões amarelos: Leandro Euzébio, Airton (CAB); Bruno Paulista (VAS)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Victor Silva, aos 34 minutos do primeiro tempo (CAB); Nenê, aos 5 minutos do segundo tempo (VAS); Levir, aos 45 minutos do segundo tempo (CAB)

Cabofriense
George, Leomir, Victor Silva, Leandro Euzébio e Airton; Levi, Bruno Tubarão, Kaká Mendes e Davi Ceará; João Carlos e Maranhão
Técnico: Antônio Carlos Roy

Vasco
Gabriel Félix, Rafael Galhardo, Luiz Gustavo, Ricardo e Alan; Bruno Paulista, Andrey e Nenê; Guilherme Costa, Caio Monteiro e Rildo
Técnico: Zé Ricardo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos