Eliminados da Taça GB, Flu e Vasco recusam "torneio alternativo" do Carioca

Leo Burlá e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

Eliminados da Taça Guanabara, Vasco e Fluminense poderiam seguir em atividade no Campeonato Carioca. Mas apenas se quisessem, o que não acontecerá.

Por regulamento, os dois grandes têm a prerrogativa de jogar um quadrangular contra Nova Iguaçu e Portuguesa, que, assim como eles, terminaram a fase na 3ª e 4ª colocação.

"Simultaneamente à disputa das semifinais e finais da Taça Guanabara, as associações classificadas em 3º e 4º lugar de cada grupo (B ou C) ao final do 1º turno, poderão participar, se assim o desejarem, de um quadrangular cujos critérios, condições e premiação serão estabelecidos pelo DCO. Da mesma forma em relação à Taça Rio", informa o regulamento aprovado pelos clubes.

De olho na Libertadores, o Vasco não irá inchar ainda mais o seu calendário com datas que não representariam ganho algum, assim como o Flu, que deverá optar pelo tempo livre para ajustar a sua equipe. O Tricolor já informou à Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) que está fora da disputa, informação esta não confirmada pelo clube. Com a recusa dos grandes, a entidade conversará com Macaé e Cabofriense - equipes na sequência da tabela - para manter o torneio.

Colocado no regulamento em 2016, o artigo se vê diante de tal impasse pela primeira vez. A ideia da Ferj sempre foi priorizar o calendário dos times de menor investimento.

Sem a competição continental e fora da Taça Guanabara, o Fluminense só entrará em campo novamente no dia 21 de fevereiro, data do provável confronto diante do Salgueiro, pela segunda fase da Copa do Brasil. Já o Vasco encara o Universidad Concepción na próxima quarta, no duelo de volta da fase de grupo da Copa Libertadores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos