Fla goleia Madureira em teste bem-sucedido para estreia da Libertadores

Do UOL, no Rio de Janeiro

Campeão da Taça Guanabara, o Flamengo fez a sua parte na estreia da Taça Rio com uma boa vitória por 4 a 0 sobre o Madureira, nesta quarta-feira (21), no estádio Nilton Santos. Diego, Lucas Paquetá, Henrique Dourado e Vinicius Júnior fizeram os gols do jogo. O desempenho bem-sucedido do time foi bastante comemorado, já que a mesma formação será utilizada na estreia da Copa Libertadores, contra o River Plate, na próxima semana.

O goleiro Diego Alves voltou após três meses da fratura na clavícula. Jonas foi escalado na vaga de Cuéllar, suspenso pela expulsão na final da Copa Sul-Americana de 2017. Na lateral direita, Rodinei substituiu Pará - os dois disputam a posição. O trio de novidades se mostrou seguro no compromisso e passou boa impressão ao técnico Paulo César Carpegiani.

No próximo sábado (24), o Flamengo terá pela frente o clássico contra o Fluminense, às 17h, na Arena Pantanal. Desta vez, porém, a base da equipe será poupada para a competição continental.

Diego acerta belo sem pulo logo no início

Jogando com o terceiro uniforme, o Flamengo iniciou a partida de forma tranquila e logo se tornou dono das ações. Aos 6min, o primeiro lance de perigo. Diego tentou jogada pelo meio. A bola ficou com Rodinei, que cruzou para a área. A zaga do Madureira afastou, mas Diego acertou uma bomba de sem pulo. O goleiro Jonathan fez a defesa.

De falta, Diego marca pela 1ª vez em 2018

Sem se esforçar muito, o Flamengo não demorou para abrir o placar. E o gol foi de Diego, o primeiro do camisa 10 em 2018. Aos 17min, ele cobrou falta com categoria, sem chances para o goleiro do Madureira. O meia comemorou bastante com os companheiros. Aos 25min, Diego foi punido com o cartão amarelo ao entrar na área, ser tocado pelo marcador e pedir pênalti. O predomínio do Rubro-negro continuou e o segundo gol parecia questão de tempo.

Lucas Paquetá amplia em cochilo do Madureira

Aos 35min, Lucas Paquetá ampliou o placar para o Flamengo. Após cobrança de escanteio, a defesa do Madureira parou. Foi o suficiente para Jonas jogar a bola na área no rebote e o meia completar para o gol sem dificuldades. Também foi o primeiro gol de Paquetá em 2018.

Henrique Dourado faz mais um com a camisa rubro-negra

O atacante Henrique Dourado, o Ceifador, fez o segundo gol com a camisa do Flamengo aos 9min da etapa complementar. Everton Ribeiro sofreu pênalti de Rezende e o artilheiro cobrou com a categoria habitual. Foi o primeiro tento assinalado em penalidades pelo Rubro-negro.

Vinicius Júnior fecha o placar da boa apresentação rubro-negra

Com o jogo definido, o Flamengo ainda teve uma série de oportunidades para sacramentar a goleada. O quarto gol veio aos 40min do segundo tempo. Vinicius Júnior aproveitou a sobra na área e estufou as redes do Madureira. Fim de papo e alegria da torcida rubro-negra no Engenhão.

De volta ao Engenhão após três anos

O Flamengo voltou a mandar um jogo no Engenhão depois de três anos de ausência. A última vez havia sido em 7 de março de 2015 - vitória sobre o Friburguense por 2 a 0. O atual campeão da Taça Guanabara ainda pisou o gramado do Nilton Santos em outras cinco oportunidades neste intervalo, mas nenhuma sendo o responsável pela partida.

Homenagem a PM assassinado

Antes de a bola rolar foi realizado um minuto de silêncio em homenagem ao tenente Guilherme Lopes da Cruz, de 26 anos, que era subcomandante da UPP da Vila Kennedy (RJ) e que foi morto a tiros na manhã desta quarta-feira após reagir a um assalto em Jacarepaguá (RJ). Este já foi o 18º assassinato de policial somente em 2018 no Rio de Janeiro

FLAMENGO 4 X 0 MADUREIRA

Local: Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Auxiliares: Michael Correia e Rachel de Mattos Bento
Renda: R$ 105.520,00
Público: 3.465 pagantes / 4.672 presentes
Cartões amarelos: Diego (Flamengo); Rezende (Madureira)
Gols: Diego, aos 17min do primeiro tempo; Lucas Paquetá, aos 35min do primeiro tempo; Henrique Dourado, aos 9min do segundo tempo; Vinicius Júnior, aos 40min do segundo tempo

Flamengo
Diego Alves; Rodinei, Réver, Rhodolfo e Renê (Trauco); Jonas (Romulo), Lucas Paquetá, Diego, Everton Ribeiro (Vinicius Júnior) e Everton; Henrique Dourado
Técnico: Paulo César Carpegiani

Madureira
Jonathan; Fillipe Formiga, João Carlos, Edmário e Renan (Leandro Carvalho); Thiago Medeiros, Rezende, Luciano Naninho (Júlio César), Téssio (Douglas Lima) e Igor Catatau; Souza
Técnico: Djair

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos