Ponto forte, defesa leva 9 gols em 4 jogos e liga alerta no Vasco

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Luciano Belford/AGIF

    Um dos destaques do time, até Martín Silva contribuiu para má fase da defesa ao levar frango

    Um dos destaques do time, até Martín Silva contribuiu para má fase da defesa ao levar frango

Após um início de ano preocupante, o Vasco havia acertado sua defesa e parecia ter entrado no rumo esperado pelo técnico Zé Ricardo, que tem como característica manter uma equipe pouco vazada. Após os últimos quatro jogos, no entanto, o Cruzmaltino levou nove gols e ligou o sinal de alerta.

A má fase começou no jogo de volta contra o Jorge Wilstermann, na Bolívia. Após golear em casa, o Vasco poderia perder até por 3 gols de diferença que avançaria à fase de grupos. Levou quatro e só passou porque Martin Silva pegou três pênaltis e classificou a equipe.

Após o susto, o Vasco voltou a campo pela Taça Rio. Não levou uma goleada, mas a derrota por 1 a 0 para a Portuguesa deixou claro que o time tinha problemas na defesa. A recuperação veio diante do Macaé, quando Riascos fez o gol salvador já no fim – mais um gol sofrido.

Contra o Boavista a atuação não foi nem um pouco segura. Apesar da vitória, os três gols sofridos para a equipe de Saquarema tira o sono dos vascaínos. 

"São detalhes que a gente precisa insistir, porque nesse tipo de momento específico do jogo, com muita repercussão e a gente vai continuar insistindo. Vamos continuar trabalhando, porque sabemos que com o grupo inteligente que temos a gente sabe que vamos conseguir melhorar esse comportamento", disse o treinador do Vasco.

Com a vitória, o Vasco chegou aos seis pontos e roubou a liderança do Grupo B do Flamengo. O Cruzmaltino volta a campo na quarta-feira, quando medirá forças com o Fluminense, no Nilton Santos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos