Abel Braga defende goleiro do Fluminense em falha: 'Gol espírita'

Do UOL, no Rio de Janeiro

O técnico Abel Braga defendeu o goleiro Julio César da falha que cometeu na vitória do Fluminense por 2 a 1 sobre o Nova Iguaçu, neste domingo, no Maracanã. Aos 21 minutos do segundo tempo, quando o Tricolor vencia por 2 a 0, Caio Cézar cobrou uma falta despretensiosa de longe, o arqueiro foi fazer a defesa, mas bateu-roupa feio e deu rebote para Iuri Pimentel, que não perdoou e diminuiu.

"Não sei o número do cara que fez o gol, porque foi um gol espírita. A bola bateu no campo, todo desnivelado, e bateu no joelho dele. Na minha estatística vou botar gol espírita", avaliou.

Virtualmente classificado para as semifinais da Taça Rio, Abel Braga enalteceu a campanha do Fluminense no Campeonato Carioca.

"Temos apenas uma derrota no campeonato, aquela fatídica contra o Boavista, com horário antecipado e outras coisas que reclamei. De lá para cá, não perdemos mais, fizemos três clássicos. Vencemos um e empatamos dois", disse.

Com o resultado, o Tricolor chegou aos 13 pontos contra 10 de Portuguesa e Botafogo. O time do técnico Abel Braga tem o mesmo número de vitórias que a dupla, só que soma 11 gols de saldo contra 3 da Lusa e 2 do Alvinegro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos