Abel admite título 'surpreendente' do Flu após início de ano em crise

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

Sincero como de costume, o técnico do Fluminense, Abel Braga, admitiu que o título da Taça Rio conquistado neste domingo (25) foi algo surpreendente para o time tricolor. Não pelo bom desempenho do Tricolor na vitória por 3 a 0 sobre o Botafogo na final, mas pela capacidade de superar o início do ano extremamente tumultuado do clube.

"É surpreendente. Essa equipe não perdeu na Taça Rio. No Carioca, o time titular não perdeu [derrota estreia com reservas]. Foram muitas coisas ali [no início do ano]. Surpreende porque depende de encaixe. Conseguimos isso", avaliou o treinador.

"A gente sempre pede tempo para o técnico, para o trabalho em si, mas conseguimos formar alguma coisa diferentes de forma muito rápida. E não é mérito meu, mas dos jogadores. Entenderam uma forma nova de jogar. Uma forma que se sofre par aprender, mas eles estão indo bem", completou Abel.

Emocionado após as diversas críticas ao jovem time nas últimas semanas, especialmente diante da eliminação da Copa do Brasil, o técnico valorizou o desempenho de seus jogadores e a entrega dentro das quatro linhas.

"Foi uma vitória da alma. Estamos competindo. Não nos achamos superiores a ninguém. Para ganhar da gente, tem que correr muito, pelo menos igual. A alma está sempre em primeiro lugar. No papel, de repente [nosso time] não ganhe dos outros, mas dentro do campo está mostrando sua capacidade. Eles estão enfrentamento em cada palmo do campo. O torcedor apoia, grita porque está vendo isso".

Título celebra 50 anos de Abel com Flu

Por fim, o treinador disse que a Taça Rio serve para celebrar as cinco décadas de relação com o clube que o transforma mais em ídolo a cada situação.

"Cara, eu estava pensando aqui. São cinquenta anos aqui dentro. Cinquenta anos. Primeira vez que entrei nas Laranjeiras foi em 1968, primeiro treino. Isso gera uma relação, uma coisa intensa. Vivi muita coisa aqui, uma identidade forte. Às vezes até me meto onde não devo por conta desse tempo. Mas é porque tem essa história. As pessoas sabem disso. Respeito muito esse clube. Podem criticar aqui, ali, futebol nem sempre vamos ganhar. Mas estou sempre trabalhando muito pelo Fluminense", finalizou.

Após a conquista deste domingo, Abel deu folga ao elenco na segunda-feira (26). Na terça à tarde, no Centro de Treinamento Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, a equipe inicia a preparação para a semifinal do Campeonato Estadual, contra o Vasco, na quinta (29). O Tricolor joga por um empate para ir à final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos