"Vergonha absurda", desabafa dirigente do Fla após queda para o Botafogo

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

A eliminação para o Botafogo na semifinal do Campeonato Carioca revoltou o vice-presidente de futebol do Flamengo, Ricardo Lomba. Após a partida, o cartola desabafou na zona mista e não bancou a permanência do técnico Paulo César Carpegiani.

"O resultado é uma vergonha absurda. Peço desculpas ao torcedor com toda a sinceridade. A torcida não merece isso. É inadmissível. Não dá para imaginar o Flamengo fora de uma final do Campeonato Carioca. O sentimento é o pior possível. De vergonha, muita vergonha", afirmou.

"Não podemos, com todo respeito ao Botafogo, que era uma equipe que estava ali querendo a mesma coisa. Jogaram bem, com vontade, com garra. Maior respeito a eles, mas não dá. O Flamengo não é isso. Peço desculpas, mas não há desculpas. É uma vergonha o que aconteceu", completou.

Sobre a permanência do técnico Paulo César Carpegiani, o dirigente deixou claro que a questão será avaliada e não bancou nenhum profissional do departamento de futebol.

"Mudanças são possíveis no Flamengo. Enquanto eu estiver aqui, as coisas não podem continuar desse jeito. O Carpegiani faz parte do departamento de futebol e será avaliado. Não posso perder correndo menos do que o adversário e me empenhando menos do que o adversário. Isso é um completo absurdo",encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos