Campeão carioca não terá vencido nenhum turno. Zé Ricardo pode ser bi assim

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes/Vasco

    Botafogo e Vasco decidem o título carioca sem terem vencido nenhum turno

    Botafogo e Vasco decidem o título carioca sem terem vencido nenhum turno

O controverso regulamento do Campeonato Carioca pregou uma peça para esta decisão entre Botafogo e Vasco: nenhum dos dois clubes conquistou algum turno e, mesmo assim, um deles se sagrará campeão estadual de 2018.

O estranho acontecimento se deu em função das regras estabelecidas pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) em concordância com os clubes. Campeões das Taças Guanabara e Rio, Flamengo e Fluminense, respectivamente, só tiveram a vantagem de jogar pelo empate nas semifinais - mas foram derrotados pelo Alvinegro e o Cruzmaltino, sendo eliminados da competição.

Este será o segundo ano consecutivo que um clube conquista o Carioca sem ter vencido um turno. Ano passado foi assim com o Flamengo que, curiosamente, tinha no comando da equipe Zé Ricardo, hoje a frente do Vasco. Ou seja, o treinador poderá ser bicampeão desta maneira.

Alheio a questão, Zé preferiu enaltecer a importância que o título terá para o Vasco e para sua ainda jovem carreira profissional:

"Tenho um desejo grande de ser campeão pelo Vasco, de ajudar na reconstrução. Se vier, será muito bem-vindo para os que estão trabalhando no clube. Construímos uma trajetória bonita desde o ano passado ".

Do outro lado estará Alberto Valentim, outro que ainda dá seus primeiros passos como profissional e que pode conquistar seu primeiro título como treinador.

"Importante é o Botafogo virar equipe de verdade, jogar de frente contra qualquer equipe", ressaltou após a classificação sobre o Flamengo.

Regulamento gera dúvidas e reclamações

A fórmula de disputa do Campeonato Carioca gerou dúvidas e muitas reclamações por parte de jogadores, técnicos e torcedores. O técnico do Fluminense, Abel Braga, por exemplo, já é um crítico desde o ano passado, uma vez que o regulamento teve pouquíssimas alterações. 

Ainda se adaptando ao futebol brasileiro, o atacante argentino Andrés Rios, do Vasco, revelou que precisou que seu companheiro Martín Silva explicasse as regras para entendê-las.

No Flamengo, Rodinei, com seu jeito peculiar, comentou da seguinte maneira no último dia 20: "Para falar bem a verdade, esse regulamento do Carioca deixa todo mundo meio perdido".

Questionado se utilizaria tal fórmula num campeonato de futebol de botão que organizasse, respondeu bem-humorado: "Acho que não, porque não teria cabeça para pensar".

Boavista quase parou nas semifinais mesmo "eliminado"

Uma outra curiosidade que poderia ter acontecido era o Boavista ter disputado as semifinais do Campeonato Carioca mesmo tendo sido eliminado dos dois turnos. Para isso, bastava que o Flamengo – campeão da Taça Guanabara – conquistasse também a Taça Rio. Deste modo, o Rubro-Negro já garantiria uma vaga na finalíssima e puxaria o time de Bacaxá (RJ) - bem pontuado na classificação geral - para o duelo quadrangular com Botafogo, Fluminense e Vasco.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos