Botafogo e Vasco decidem novo título. E isso diz muito sobre o Carioca

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Thiago Ribeiro/AGIF

    Vasco e Botafogo se enfrentam de novo. No 1º jogo, Cruzmaltino venceu por 3 a 2

    Vasco e Botafogo se enfrentam de novo. No 1º jogo, Cruzmaltino venceu por 3 a 2

E novamente Botafogo e Vasco estarão frente a frente na decisão do Campeonato Carioca. Neste domingo, às 16h, no Maracanã, os rivais estarão disputando o terceiro título estadual dos últimos quatro anos, o que diz muito sobre como anda a competição regional.

Além da dupla, o Fluminense é outro que passa por um momento financeiro turbulento e não tem conseguido figurar no topo das competições nacionais.

O Flamengo, que vive um momento de austeridade, ganhou ano passado, mas patinou novamente nesta temporada ao ser eliminado pelo Botafogo na semifinal.

O Vasco, que conquistou a taça em 2015, por exemplo, foi rebaixado no Campeonato Brasileiro no mesmo ano. No ano seguinte, venceu de novo, mas penou para subir para a Série A. Na temporada passada, surpreendeu e conseguiu uma vaga na Libertadores.

O Alvinegro vem de campanhas medianas no Brasileiro, tendo conquistado uma vaga para a Libertadores do ano passado, onde foi até as quartas-de-final. Seu último título, no entanto, aconteceu em 2013, justamente o Campeonato Carioca.

Públicos pífios

O retrato do Campeonato Carioca se reflete nas arquibancadas. A média de público pagante da competição este ano é de 3.419.

Quem levou mais gente ao estádio foi o Fluminense, com uma média de 9.723, seguindo por Flamengo (9.439), Botafogo (5.934) e Vasco (5.054).

O maior público foi Flamengo 0 x 1 Botafogo, dia 28 de março, pelas semifinais do Carioca, com 28.345 pagantes, sendo que o Maracanã atual comporta cerca de 70 mil.

O segundo foi Fluminense 3 x 0 Botafogo, dia 25 de março, pela final da Taça Rio, com 22.838 pagantes. O terceiro, Fluminense 2 x 3 Vasco, dia 29 de março, pelas semifinais do Carioca, com 18.999 pagantes.

O pior público da competição foi entre Portuguesa e Cabofriense, dia 11 de março, quando somente 94 pessoas pagaram para assistir a partida.

R$ 3,5 milhões para o campeão

Quem for campeão carioca de 2018 irá levar como premiação R$ 3,5 milhões. O vice ficará com R$ 1,5 milhão. Vale lembrar que cada clube já recebeu R$ 16 milhões de cota de TV. O Vasco, no entanto, já antecipou esta receita ainda na gestão Eurico Miranda.

Ingressos esgotados para os vascaínos

Os torcedores do Vasco não poderão comprar mais ingressos para a final deste domingo. Os setores Sul (Vasco), Leste, Oeste e Maracanã Mais (mistos) já foram esgotados. Restam apenas poucos bilhetes para o setor Norte (Botafogo).

A carga à venda é de 54 mil bilhetes, sendo um total de 70 mil contando gratuidades, convidados, etc.

Equipes desfalcadas

Ambas as equipes estarão desfalcadas, sendo o Vasco o mais prejudicado. O time de Zé Ricardo não contará com os lesionados Paulinho e Giovanni Augusto. Wellington e Rildo estão suspensos.

No Botafogo, além de João Paulo lesionado ainda na Taça Rio, não jogará Rodrigo Lindoso, suspenso.

VASCO X BOTAFOGO

Data e hora: 08/04/2018, às 16h (horário de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Corrêa e Thiago Henrique Neto Farinha

Vasco
Martín Silva, Rafael Galhardo, Erazo, Paulão e Fabrício (Henrique); Desábato, Evander, Wagner, Yago Pikachu e Andrés Rios (Thiago Galhardo); Riascos
Técnico: Zé Ricardo

Botafogo
Gatito Fernandez; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Matheus Fernandes (Bochecha), Marcelo, Léo Valência, Renatinho e Luiz Fernando; Brenner (Kieza)
Técnico: Alberto Valentim

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos