UOL Esporte Campeonato Francês
 
Guillaume Horcajuelo/EFE

Heinze vibra após marcar o primeiro gol da vitória do Olympique de Marselha

05/05/2010 - 17h52

Olympique vence Rennes, fatura título do Francês e encerra jejum de 18 anos

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Depois de bater na trave no ano passado, o Olympique enfim acabou com a fila que já durava 18 anos e finalmente voltou a conquistar um título do Campeonato Francês. Ciente do tropeço do Auxerre diante do Lyon (perdeu por 2 a 1, no Gerland, um pouco mais cedo), o time do brasileiro Brandão fez a sua parte no Vélodrome, venceu o Rennes por 3 a 1 e abriu oito pontos de vantagem na liderança. Assim, restando duas rodadas para o final da competição, garantiu seu nono título nacional de forma antecipada nesta quarta-feira.

  • Claude Paris/AP

    Diarra e Heinze comemoram e a torcida faz festa

  • Gerard Julien/AFP

    Niang vibra ao marcar o segundo gol do Olympique

Desde a temporada 1991/92, o Olympique havia conquistado o vice em três ocasiões (1999, 2007 e 2009). No ano passado, inclusive, o time de Marselha liderava o Francês até três rodadas para o final, quando começou a tropeçar e deixou o título nas mãos do Bordeaux. Desta vez, foi diferente. Com a vitória, chegou aos 75 pontos na classificação e não pode mais ser ultrapassado por Lille e Auxerre, ambos com 67.

O treinador  e ex-jogador Didier Deschamps, que fazia parte do elenco do Olympique de Marselha em seu último título francês, em 1992, foi um dos mais ovacionados pela torcida que lotou o Vélodrome nesta quarta-feira.

Já o Auxerre, além de deixar a briga pelo título, passa a lutar nestas duas últimas rodadas por uma vaga para a Liga dos Campeões com o Lille, que assumiu a vice-liderança ao vencer o Toulouse por 2 a 0, com o próprio Lyon (que subiu para 65 e tem um jogo a menos que os demais) e com o Montpellier (63), que também fez a sua parte ao bater o Sochaux, por 1 a 0, fora de casa.

O Bordeaux, que jogando fora de casa arrancou um empate contra o Nice em 1 a 1, com gol do brasileiro Wendel, de falta, caiu para a sexta colocação – com 61 pontos - e luta agora para retomar a quinta colocação na tabela, o que lhe concede o direito de disputar a Liga Europa na próxima temporada.

Gerland

Depois de um início melhor do Lyon, o lateral direito Reveillere quase colocou tudo a perder quando tentou recuar uma bola para o goleiro Lloris e acabou mandando nos pés de Jelen. Em velocidade, o atacante passou com facilidade pelo camisa 1 e completou para as redes, abrindo o placar. Mas depois de uma linda bola na trave do brasileiro Michel Bastos, Cissokho foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti.

RESULTADOS DA 36ª RODADA

Nice 1 x 1 Bordeaux
Toulouse 0 x 2 Lille
Lorient 2 x 2 Monaco
Boulogne 0 x 1 Saint-Etienne
Lyon 2 x 1 Auxerre
Lens 1 x 1 Grenoble
Nancy 3 x 2 Le Mans
Sochaux 0 x 1 Montpellier
PSG 2 x 2 Valenciennes
Olympique 3 x 1 Rennes

O argentino Lisandro López deslocou o goleiro e empatou a partida, já nos acréscimos da etapa inicial. No segundo tempo, mesmo precisando da vitória para evitar um possível título do Olympique, o Auxerre mantinha a postura defensiva e tentava alcançar seu objetivo em lances de contra-ataque ou em chutes de longa distância.

Mesmo porque o Lyon também precisava de um triunfo para seguir vivo na luta por uma vaga na Liga dos Campeões. E depois de uma bola na trave de Kallstrom, que havia acabado de entrar, o mesmo camisa 6 cruzou para o centro da área; no rebote do goleiro, Pjanic bateu rasteiro e virou a partida, deixando o estádio Gerland em festa. Nos últimos minutos, o goleiro Lloris ainda precisou fazer um milagre para garantir a vitória.

Vélodrome

O Olympique chegou ao primeiro gol logo aos 4min de jogo. Em falta pouco antes da meia-lua, no centro, o argentino Heinze acertou uma bela cobrança de perna esquerda, sem chances para o goleiro Nicolas Douchez. Porém, aos 38min, Briand marcou de cabeça e interrompeu a festa que já se iniciava no lotado estádio Vélodrome.

Depois de muito sofrimento na segunda etapa, enfim saíram os gols que garantiram o título ao Olympique. Primeiro, Mamadou Niang aproveitou cruzamento de Valbuena e, com o gol aberto, bateu para as redes. Em seguida, Lucho Gonzáles finalizou com estilo da entrada da área, de esquerda, e retomou a festa da torcida presente no Vélodrome.

Rebaixamento definido

Além do já rebaixado Grenoble, outras duas equipes decretaram sua queda para a segunda divisão do futebol francês nesta quarta-feira: o Boulogne, ao empatar com o Saint-Etienne em 0 a 0, em casa, e o Le Mans, ao perder para o Nancy por 3 a 2, fora de casa. Sendo assim, as três equipes rebaixadas já estão definidas.

 

 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host