Neymar passa em branco pela 1ª vez em novo passeio do PSG pelo Francês

Do UOL, em São Paulo

Neymar passou em branco pela primeira vez em ação com o PSG. Apesar das boas jogadas de ataque do brasileiro com a equipe, o jogador não conseguiu balançar as redes em seu terceiro jogo no Francês. Os gols não fizeram falta, no entanto, já que a equipe de Paris não teve dificuldades para vencer mais uma vez no Campeonato Francês. Com Cavani de protagonista dos 3 a 0. 

Neymar havia marcado em seus dois primeiros jogos contra Guingamp e Toulouse. Desta vez, ajudou Cavani a se destacar e balançar as redes duas vezes. Thiago Motta fez também após cobrança de falta do brasileiro. 

O PSG abriu o placar aos 21 minutos do primeiro tempo, Neymar enfiou bola para Cavani, o uruguaio entrou na área sozinho e foi derrubado por Janko. O juiz marcou o pênalti, batido pelo próprio Cavani com força para abrir o placar.

O segundo gol saiu aos 6 minutos do segundo tempo. Neymar cobrou falta, Marquinhos deu uma bela assistência de peito e Thiago Mota completou para as redes. O Saint-Etienne tentou sair mais ao ataque na etapa final. O melhor lance do visitante foi aos 27 minutos, quando Areola fez boa defesa em chute de Bamba. Nada que incomodasse o PSG, que ainda fez o terceiro com Cavani, com muita categoria. 

O PSG é líder do Campeonato Francês com 12 pontos. A equipe volta a campo novamente no dia 9 de setembro no Francês, contra o Metz.

Neymar é perseguido em campo e até leva tapa

Aos 5 minutos do segundo tempo, Neymar sofre a falta de Théophile-Catherine e o clima esquenta. O jogador do Saint-Etienne chega a dar um tapa no brasileiro, que mantém o sangue frio. Foi essa falta que originou o segundo gol do PSG no jogo.

Quem bate o pênalti? Deixa com o Cavani

Reprodução/Sportv

O pênalti sofrido por Cavani no primeiro tempo foi batido por ele mesmo. O canal Sportv, no entanto, flagrou uma conversa do uruguaio com Neymar antes da cobrança, na qual o brasileiro parece confirmar com o companheiro de PSG quem baterá.

Olha a caneta...

Aos 21 minutos, Neymar carregava a bola pelo lado esquerdo. A marcação de Romain Hamouma não foi suficiente para parar o brasileiro, que aplicou uma caneta no adversário antes de cruzar a bola na tentativa de achar Cavani.

Neymar é parado só na força

Durante a partida foi comum ver belas jogadas de Neymar. Nem todas tiveram o efeito principal: criar jogadas de ataque. Na maioria das vezes o brasileiro foi parado com falta. 

Dabo se dá mal após dividida

Reproduçãi/Sportv

O primeiro tempo já estava chegando ao fim, quando um lance "dolorido" obrigou a paralisação da partida. Kimpembe e Dabo subiram juntos na disputa de bola pelo alto e o jogador do Saint-Etienne levou a pior e se machucou. Kimpembe levou o cartão amarelo.

Curry é presença ilustre no Parc des Princes

AFP PHOTO / FRANCK FIFE

O gramado do Parc des Princes tinha uma estrela antes mesmo da bola rolar. Stephen Curry, astro da NBA, foi recebido com festa e ganhou até uma camisa especial com seu nome e o número 30, o mesmo que usa no Golden State Warriors. Depois de receber o presente, ainda deu um "oi" para o amigo Neymar.

Desfalque de peso

Verratti assistiu ao jogo das arquibancadas do estádio. O jogador desfalca o PSG por três jogos por conta de sua expulsão contra o Toulouse no útlimo domingo (20). A Federação Francesa considerou que o italiano ofendeu o árbitro do jogo.

André Rocha: O 3º ato de Neymar no PSG: sem espaços e espetáculo, mas ainda decisivo

Para a quarta rodada da Ligue 1, segunda partida do Paris Saint-Germain no Parc des Princes, Unai Emery deixou Thiago Silva e Daniel Alves no banco, alinhou Rabiot a Thiago Motta dando liberdade a Pastore, substituto do suspenso Verratti no meio-campo. Na prática, a execução do 4-2-3-1 perdeu força pela direita com Meunier na lateral direita e sem um meia a mais na aproximação com o trio de ataque.  Pouca mobilidade. Apenas Neymar girando e Di María e Pastore invertendo na ponta e no centro. (Leia mais no blog do André Rocha). 

UOL Cursos Online

Todos os cursos