Thiago Silva marca, e PSG goleia lanterna no 1º jogo após eliminação

Do UOL, em São Paulo

O PSG entrou em campo, neste sábado (10), pela primeira vez desde a eliminação para o Real Madrid, na última terça-feira, nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Com um time misto, a equipe do técnico Unai Emery não teve trabalho e venceu o Metz com tranquilidade por 5 a 0 no Parque dos Príncipes - gols de Nkunku (duas vezes), Mbappé, Meunier e Thiago Silva, que fechou o placar. 

A vitória leva o clube da capital francesa aos 77 pontos, na liderança isolada do Campeonato Francês, enquanto o Metz é o lanterna com apenas 20 pontos conquistados, a nove do primeiro time fora da zona de rebaixamento.

A equipe de Paris volta a campo na próxima quarta-feira, novamente em casa, quando encara o Angers. Já o Metz só joga no domingo e recebe o Nantes.

Time misto

AFP PHOTO / FRANCK FIFE
Unai Emery escalou time misto do PSG neste sábado

Tranquilo na liderança do Francês, o PSG deu adeus na terça ao maior sonho da torcida depois da derrota em casa por 2 a 1 para o Real. Eliminados na Champions e sem o lesionado Neymar, os parisienses não têm mais grandes pretensões e praticamente esperam o fim da temporada. Até por isso, Emery escalou um time misto neste sábado. Cavani (suspenso) e Marquinhos não foram relacionados, enquanto Diarra, Draxler e Nkunku começaram entre os titulares contra o Metz.

Substituto de Dani Alves abre o placar

AFP PHOTO / FRANCK FIFE
Meunier abriu o placar para o PSG contra o Metz

Dani Alves foi mal contra o Real, falhou na jogada do gol de Cristiano Ronaldo e começou no banco neste sábado. Do lado de fora, o brasileiro viu Meunier, seu substituto na lateral, abrir o placar para o PSG. Aos cinco minutos, ele recebeu pelo lado direito na área e bateu cruzado. A bola ainda tocou na trave antes de entrar.

Nkunku brilha

O jovem francês de 20 anos jogou aberto pelo lado esquerdo do ataque, posição ocupada normalmente por Neymar, e brilhou no primeiro tempo. Aos 20, Nkunku recebeu passe de Verratti e chutou cruzado de esquerda para fazer o segundo dos donos da casa. Pouco depois, ele fez jogada individual, cortou para o meio e bateu rasteiro para deixar o placar em 3 a 0.

Mbappé de centroavante

Sem Cavani, Mbappé jogou centralizado no ataque do PSG e fez a função de centroavante. O camisa 29 criou bastante no primeiro tempo e deixou o dele no último lance da etapa inicial. O francês recebeu em profundidade e tocou na saída do goleiro Kawashima: 4 a 0 nos primeiros 45 minutos.

Goleiro japonês vai bem no 2º tempo

Kawashima
Kawashima fez grandes defesas no segundo tempo

Na volta do intervalo, já com a goleada garantida, os donos da casa continuaram pressionando em busca de mais gols, mas viram Kawashima brilhar. O japonês fez pelo menos três grandes defesas, com direito a uma em cima da linha após chute à queima roupa.

Thiago Silva faz de cabeça

Porém, depois de tantas defesas, Kawashima não conseguiu evitar o quinto do PSG. Aos 37 do segundo tempo, o zagueiro brasileiro aproveitou cruzamento de Lo Celso, subiu sozinho na área e cabeceou forte no canto esquerdo do goleiro para dar números finais ao jogo.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos