Topo

Esporte


PSG vence clássico com gol de Mbappé e segue 100%. Neymar é hostilizado

Neymar mostra garrafa atirada em sua direção durante o clássico contra o Olympique - REUTERS/Jean-Paul Pelissier
Neymar mostra garrafa atirada em sua direção durante o clássico contra o Olympique Imagem: REUTERS/Jean-Paul Pelissier

João Henrique Marques

Colaboração para o UOL, em Paris (FRA)

28/10/2018 19h05

O PSG continua com 100% de aproveitamento no Campeonato Francês. A 11ª vitória em 11 jogos veio neste domingo (28), em clássico contra o Olympique de Marselha na casa do rival, o estádio Vélodrome. Bastante hostilizado pela torcida adversária, Neymar passou em branco, e coube a Mbappé - após sair do banco - e Draxler marcarem os gols do triunfo por 2 a 0.

Agora, o Paris Saint-Germain soma 33 pontos em 11 jogos, oito a mais que o vice-líder Lille. O Olympique estaciona nos 19 pontos e fica com a quinta posição do Campeonato Francês.

O time de Neymar volta a campo na próxima sexta-feira (2) para encarar justamente o Lille pelo Campeonato Francês. O jogo acontece na casa do PSG, o Parque dos Príncipes.

Neymar caçado pelos jogadores... e pela torcida

Reprodução
Imagem: Reprodução
O clássico no Vélodrome teve início com cenas nada incomuns. Em apenas dois minutos de jogo, Neymar levou duas faltas após tentar ir para cima da marcação. Depois, foi a vez de a torcida do Olympique perseguir o brasileiro. Em uma cobrança de escanteio, alguns objetos foram arremessados próximos a Neymar – inclusive até uma garrafa. Alguns seguranças precisaram ajudar. A cena se repetiu no segundo tempo e Neymar reclamou com a arbitragem. Durante todo o jogo, o atacante foi bastante hostilizado pelos aficionados presentes no estádio. Vale destacar que, por medida de segurança, a torcida do PSG não pôde comparecer ao Vélodrome. Leia mais

Di Maria quase marca. Olympique salva em cima da linha

Tenso, mas de poucas chances de gol. Assim foi o primeiro tempo no Vélodrome. Quem mais ficou perto de abrir o placar foi o PSG, com um chute rasteiro de dentro da área do argentino Di Maria. Strootman salvou em cima da linha.

Mbappé no banco após atraso. Cavani fora dele

Do trio de ataque titular, apenas o brasileiro Neymar iniciou o clássico contra o Olympique. Mbappé – além de Rabiot – ficou no banco de reservas por ter chegado atrasado à preleção antes do jogo. O atraso aconteceu porque os dois jogadores ficaram assistindo ao clássico entre Real Madrid e Barcelona. Já Edinson Cavani sequer foi para a partida devido a uma lesão na coxa.

Mbappé entra e decide em 3 minutos

REUTERS/Jean-Paul Pelissier
Imagem: REUTERS/Jean-Paul Pelissier
O castigo a Mbappé durou pouco mais de um tempo. Aos 16min da etapa final, ele ganhou a vaga de Choupo-Moting, e aos 19min, já mostrou porque é tão essencial para o time do PSG. Lançado por Di Maria, ele arrancou em contra-ataque, ganhou de Kamara na corrida e finalizou cruzado para abrir o placar.

Olympique pede VAR, mas não é atendido

O Olympique chegou ao gol de empate aos 40min do segundo tempo, mas ele não foi validado por conta de uma falta em cima de Marquinhos. O time da casa chegou a pedir o VAR, mas não foi atendido.

Neymar dá uma 'quase assistência' e Draxler fecha a conta

Neymar ainda conseguiu deixar o campo com uma assistência na conta. Após ser lançado por Mbappé, ele chutou errado e a bola encontrou Draxler, que completou para as redes.

Mais Esporte