Com Neymar machucado, PSG empata com o Bordeaux e perde 100% no Francês

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Regis Duvignau

Após 15 rodadas, o PSG perdeu o 100% de aproveitamento no Campeonato Francês. Neste domingo (2), a equipe do técnico Thomas Tuchel teve dificuldades contra o Bordeaux e empatou por 2 a 2. O brasileiro Neymar, que marcou o primeiro gol do PSG, deixou a partida após sentir um desconforto.

Com um desconforto, Neymar deixou o campo para a entrada de Choupo-Moting, e foi direto para os vestiários. Com o resultado neste domingo, o PSG perdeu o 100% de aproveitamento no campeonato, mas segue na liderança do Francês com tranquilidade - 14 pontos de vantagem para o vice-líder Montpellier. Agora, a equipe soma 43 pontos, com 14 vitórias e um empate.

Após vitória no meio da semana sobre o Liverpool, o PSG volta suas atenções totalmente para o Campeonato Francês, com uma sequência de três jogos pela competição. O próximo desafio dos líderes é contra o Strasbourg, na quarta-feira (5), às 18h00 (de Brasília).

REUTERS/Regis Duvignau

O melhor: Neymar

Voltando a atuar pelo Campeonato Francês, Neymar mostrou que é o dono do time. Quando o PSG não vinha bem, o brasileiro abriu o placar e deu tranquilidade ao clube da capital francesa - que não durou tanto. Com o tento, Neymar chegou aos 11 gols anotados no Francês - atrás apenas de Mbappé, com 12.

O pior: Thomas Tuchel

O técnico do PSG entrou em campo com uma formação diferente, com três zagueiros, e não conseguiu fazer com que seus jogadores assimilassem o novo modelo. Com isso, o PSG demorou a apresentar seu futebol, e ainda sofreu com o rápido ataque do Bordeaux, que marcou com Briand e Cornelius.

Tuchel realiza mudanças e PSG demora a engrenar

O técnico Thomas Tuchel armou o PSG em uma formação 3-4-3, com três zagueiros (Thiago Silva, Kherer e Nsoki), Marquinhos como volante e os laterais Dani Alves e Bernat compondo o meio-campo. No ataque, Mbappé apareceu centralizado no lugar de Cavani, com Neymar e Di María pelos lados.

As mudanças, no entanto, fizeram com que o PSG demorasse a encontrar seu futebol. Com muitos espaços na defesa, a equipe viu o Bordeaux imprimir bom ritmo nos primeiros minutos de jogo, com Bernat sofrendo com a marcação pelo lado esquerdo da defesa.

VAR valida gol de Neymar

Quando passava pelo momento mais equilibrado da partida, o PSG contou com a estrela de seu maior jogador. Neymar, recebendo de Daniel Alves, abriu o placar em chute colocado, que passou perto de Mbappé. O tento foi analisado pelo Árbitro de Vídeo (VAR), que, após cerca de um minuto, validou o gol.

Segundo tempo eletrizante

O bom momento vivido pelo PSG durou até o início do segundo tempo. Se impondo em campo, o Bordeaux utilizou a velocidade do seu ataque para atacar a atrapalhada e espaçada zaga parisiense. Jogando nas costas de Bernat, Karamoh fez boa jogada individual e cruzou para Briand balançar as redes. 

Após a saída de Neymar, Mbappé assumiu a responsabilidade de carregar o PSG. E assim fez. Em rápido contra-ataque, os parisienses marcaram o segundo gol com o jovem francês batendo na saída do goleiro. Apesar da comemoração, Mbappé rapidamente colocou a mão no joelho e pediu para sair. Mas acabou voltando para a partida. Sem se entregar, o Bordeaux partiu para o ataque e ainda conseguiu o gol de empate, com Cornelius.

Regis Duvignau/Reuters

Clima de futebol sul-americano

A torcida do Bordeaux compareceu em bom número para a difícil partida contra o soberano líder PSG. Com o time da casa bem nos primeiros minutos, os torcedores que estavam localizados atrás do gol de Areola acenderam sinalizadores. Com a fumaça atrapalhando a visão dos jogadores, o árbitro paralisou o duelo por cerca de um minuto até tudo voltar ao normal.

Zagueiros da seleção brasileira em campo

Convocados pelo técnico Tite para defender a seleção brasileira nos últimos amistosos, os zagueiros Marquinhos, Thiago Silva e Pablo estiveram em campo neste domingo. Marquinhos, muito utilizado por Tite, atuou como volante e não comprometeu. Thiago Silva sofreu com o rápido ataque do Bordeaux, e viu a poderosa defesa do PSG sofrer dois gols. Pelo outro lado, Pablo, mesmo seguro, também sofreu nas mãos de Neymar e Mbappé.

FICHA TÉCNICA
BORDEAUX 2 X 2 PSG

Data: 02 de dezembro de 2018, domingo
Horário: 18h00 (de Brasília)
Local: Matmut Atlantique, na França
Cartões amarelos: Palencia (BOR); Kehrer e Verratti (PSG)

GOLS: Briand aos 7 minutos do segundo tempo e Cornelius aos 38 minutos do segundo tempo (BOR); Neymar aos 34 do primeiro tempo e Mbappé aos 20 minutos do segundo tempo (PSG)

Bordeaux: Costil; Palencia (Poundjé), Pablo, Koundé e Sabaly; Otávio, Sankharé, Plasil (Kalu) e Karamoh (Cornelius); Briand e Kamano
Técnico: Eric Bedout

PSG: Areola; Kherer, Thiago Silva e Nsoki; Daniel Alves (Verratti), Maquinhos, Draxler e Bernat; Di María (Nkunku), Mbappé e Neymar (Choupo-Moting)
Técnico: Thomas Tuchel

UOL Cursos Online

Todos os cursos