UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
15/01/2010 - 07h01

De volta, Marquinhos afirma estar por dentro das ideias do Inter de 2010

Jeremias Wernek
Em Bento Gonçalves (RS)

O jovem atacante Marquinhos sofreu uma lesão bem no começo da pré-temporada, algo que atrapalhou a preparação de uma boa promessa do Inter para 2010. Mas o jogador garante estar atento a tudo aquilo que o comandante Jorge Fossati passou aos colegas, e revela: quer recomeçar tudo no Inter a partir de agora.

Marquinhos teve que fazer trabalhos físicos durante quase dez dias, treinando em separado. Os colegas brincavam ao ver o garoto correndo em torno do campo. “Vai correr maratona, Marquinhos!”. Titular em boa parte do segundo semestre do ano passado, o atacante ria sem graça e sentava para fazer gelo. Nada de tranquilidade, ele ficava acompanhando as orientações do técnico Jorge Fossati para os demais companheiros.

“No tempo em que ficava parado, fazendo gelo, eu procurava prestar bastante atenção pra ver o que ele (Fossati) pedia. Ele conversa bastante com a gente pra entrarmos no Campeonato Gaúcho sem temer ninguém”, revela o jogador.

Os demais atacantes do grupo trabalharam forte. Alecsandro, Edu, Taison, Talles Cunha. Todos eles já estão em um estágio a frente de Marquinhos, que admite ter ficado para trás, estar em desvantagem. “Com certeza. Eles já vem trabalhando forte desde o primeiro dia. Eu vou ter que fazer mais ainda pra quando estiver na condição deles receber a chance”, aponta o jovem de 20 anos.

Marquinhos poderia ter um começo de ano diferente. Estar brigando de perto pela titularidade. O primeiro objetivo do atleta não é este. Sim, recomeçar. “ Pra mim é difícil ficar parado esse tempo, ainda mais na pré-temporada, que é importante para todo o jogador. Vou tratar como um recomeço para esquecer o ano passado e as lesões. Esse ano esquecer agora e fazer uma outra pré-temporada, trabalhos físicos, com bola para recuperar o que perdi”, finaliza.

Nesta quinta, Marquinhos voltou a trabalhar com o elenco. Foi colocado em um grupo que treinou finalizações e aos poucos poderá fazer treinamentos coletivos. Como o time principal seguirá os trabalhos de pré-temporada em Porto Alegre, o garoto ainda pode recuperar o espaço. Mas agora diminuíram as vagas na equipe, e com isso novas metas surgem.

“Do meio para frente tem que brigar por todas as posições. Tenho que olhar pelo lado bom, a briga sadia dentro do grupo”, lembra. Marquinhos é muito atento aos detalhes. Fica preocupado com o que fala e como se expressa. Dentro de campo sua única preocupação, a partir, de agora é repetir aquilo que fez, e bem, na reta final do Brasileirão 2009.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host