UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
29/01/2010 - 08h06

Nei se diz surpreso com estreia do Inter e não prevê Gre-Nal de muitos gols

Jeremias Wernek
Em Porto Alegre (RS)

Estrear em um campeonato regional com goleada é bom demais. É algo fora do comum, ainda mais se o adversário for um time que já complicou a vida em mais de uma oportunidade. O 5 a 0 do Inter diante do Juventude causou surpresa entre os jogadores no Beira-Rio. E aquele que espera uma segunda dose de muitos gols que se contente com menos, pelo menos é o que pede o lateral-direito Nei.

O primeiro tempo terminou com 2 a 0. Foi na etapa final que a vitória virou goleada, com gols de Alecsandro, Taison e Giuliano. “Surpreendeu sim por ser começo de temporada. Ninguém tava acreditando que o Inter fosse estrear fazendo 5 a 0 no Juventude, que não é um time qualquer. Não adianta fazer uma boa estreia e depois perder um, outro e perder a confiança. Todo mundo sabe que é difícil conseguir um placar elástico em clássico”, analisou o lateral Nei, apontando para mais um Gre-Nal equilibrado.

Em 2009 foram cinco confrontos. Quatro vencidos por 2 a 1 e o último 1 a 0. No balanço da temporada deu Inter. 4 a 1 em número de vitórias. “Todo clássico é clássico e a cobrança é a mesma. Eu encaro o clássico como um jogo normal”, revelou o lateral-direito que vai arrancando na frente na luta pela titularidade.

O outro concorrente é Bruno Silva, que não está fisicamente bem. O uruguaio indicado por Jorge Fossati fez uma pré-temporada irregular e está em um grupo abaixo dos demais jogadores. “Acho ele um excelente jogador e tenho uma boa amizade, mesmo com pouco tempo jogando junto. Eu sempre busco fazer minha parte e tentar mostrar o meu melhor para o treinador e meus companheiros. Acho que é muito cedo e ele (Fossati) já conhece o Bruno. Tive um bom desempenho na estreia, longe do meu 100%, mas fui bem”, comentou o ex-jogador do Corinthians e Atlético PR.

Jorge Fossati começa a encaminhar o time para o Gre-Nal nesta sexta-feira de tarde. Giuliano é o ficha um para ocupar o lugar de D'Alessandro, mas o uso de Andrezinho não está descartado. Taison, de boa movimentação segue entre os titulares ao lado de Alecsandro, que foi vaiado em alguns lances, porém segue prestigiado pelo treinador. “Noventa por cento dos jogadores tiveram erros porque era o primeiro jogo oficial, os primeiros noventa minutos, mas acho que a atuação do Alecsandro foi muito boa”, disse Fossati em entrevista coletiva depois da goleada.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host