UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
30/01/2010 - 09h00

Centroavante do Inter sonha com gol em clássico para diminuir críticas

  • Marcar gol no domingo pode ajudar a luta de Alecsandro contra os críticos

    Marcar gol no domingo pode ajudar a luta de Alecsandro contra os críticos

Fazer gol em Gre-Nal pode consagrar um jogador. Atuar bem já basta, mas para Alecsandro comparecer no marcador do jogo do domingo, em Erechim, terá outro propósito. Diminuir a desconfiança da torcida em seu futebol. Mesmo tendo marcado 28 gols em 2009 e ser titular do time de Jorge Fossati o camisa nove encontra muita contestação nas arquibancadas. “Um gol muda tudo”, disse Alecsandro. Esta mudança pode ser benéfica não só ao atacante, mas a todo o time do Internacional que foca a Libertadores desta temporada.

O clássico 379 será o segundo de Alecsandro como titular do Inter. No primeiro, válido pelo returno do Brasileirão, o camisa nove fez a jogada para o gol de D'Alessandro na vitória magra de 1 a 0 em um Beira-Rio quase lotado. Em Erechim o objetivo primário é vencer, mas se sobrar uma bola Alecsandro agradece.“Eu sempre fico no intuito de marcar. A cada partida que passa eu venho conquistando um pouquinho mais o torcedor. Com os meus gols e meu carisma eu vou ganhando a confiança deles. Fazendo gol em Gre-Nal a probabilidade de aumentar meu carisma é grande. Mesmo assim o meu pensamento tem que ser pelo “nós”. Mas se o Inter puder vencer e eu marcar gol é melhor”, revela Alecsandro.

O dinamismo do futebol se torna aliado do camisa nove do Inter neste relacionamento de cobrança por parte da torcida. “Um gol sempre pode mudar. Um gol muda tudo. Você acaba saindo em segundo de vilão a herói”, aponta.

A meta pessoal do jogador para 2010 já está traçada, mas não revelada. Uma postura que visa apenas preservação das duas partes, dele e da torcida. “Meta eu tenho, sempre. Em alguns momentos, pela empolgação, eu acabo revelando. Mas agora eu espero que seja melhor do que o ano passado e só”, finaliza. O que ajuda Alecsandro neste plano de ter uma temporada melhor do que a passada é o fato dele ser titular desde o começo do ano, algo que não ocorreu em 2009, quando o titular era Nilmar.

Para Alecsandro, o gramado do Colosso da Lagoa vai ser mais do que o palco do primeiro Gre-Nal do ano. Será um atalho para conquistar mais um pedaço do coração dos colorados e por isso tem que ser percorrido com atenção e cuidado.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host