UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
10/02/2010 - 20h26

Juiz encerra ação, mas jogos do Gaúcho obedecerão temperatura

Do UOL Esporte
Em Porto Alegre

O juiz do Trabalho Rafael da Silva Marques extinguiu nesta quarta a ação movida pelo Sindicato dos Atletas Profissionais do Rio Grande do Sul, que pedia a alteração nos horários dos jogos do Campeonato Gaúcho devido ao forte calor que atingiu o Estado na última semana. A decisão foi tomada em razão da desistência do próprio sindicato, que retirou a ação contra a Federação Gaúcha de Futebol (FGF).

Após audiência de conciliação realizada na terça, o juiz deu prazo de 24h para que as entidades entrassem em acordo. Nesta quarta, o advogado do sindicato, Décio Neuhaus, e o diretor jurídico da FGF, Luiz Fernando Costa, se reuniram com Rafael da Silva Marques e selaram o acordo anunciado anteriormente.

Os jogos de sábado no Gauchão serão realizados excepcionalmente às 16h, horário de transmissão da TV, mas segue a proibição para jogos sob temperatura acima dos 35 graus. Até o fim do horário de verão, os jogos serão realizados às 17h, e até o final da estação, às 16h, sempre observando a temperatura.

O juiz lembra que o acordo vale apenas para jogos da FGF. "O sindicato desistiu da ação contra a FGF, mas não contra a CBF", declara Rafael da Silva Marques. A federação também decidiu não mais realizar jogos do Campeonato Gaúcho às 11h da manhã de domingo. "E o mais importante, para o ano que vem a FGF se comprometeu a chamar o sindicato para conversar sobre o horário dos jogos", explica Marques.

A polêmica começou no dia 4 de fevereiro, quando o juiz acatou um pedido do sindicato dos jogadores e proibiu a realização de jogos do Campeonato Gaúcho, das séries A e B, entre 10h e 18h. Na última segunda, o próprio juiz determinou que os árbitros verifiquem a temperatura antes das partidas.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host