UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
17/02/2010 - 18h48

Rodrigo chega a Porto Alegre com objetivo de fazer torcedor esquecer Réver

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre
  • Rodrigo tem objetivo de conquistar títulos para fazer torcedor gremista esquecer de vez zagueiro Réver

    Rodrigo tem objetivo de conquistar títulos para fazer torcedor gremista esquecer de vez zagueiro Réver

Eram 17h30 quando desembarcou em Porto Alegre o novo reforço do Grêmio. O zagueiro Rodrigo chegou afirmando que busca títulos individuais e coletivos no clube. Contente pelo acerto, o jogador revelou que gosta de orientar seus companheiros em campo e está ciente da responsabilidade de vestir a camisa do Grêmio. O atleta ainda comentou a alegria de reencontrar ex-colegas de São Paulo e a expectativa pelo apoio do torcedor.

"Fico muito feliz pela recepção calorosa, todos vocês aqui me esperando. Também quero reencontrar o Hugo e o Borges que foram meus colegas no São Paulo. Agora é dar a resposta para toda essa expectativa que está em cima de mim. É vestir a camisa do Grêmio e dar conta do recado. O Grêmio perdeu um grande jogador que tinha na defesa e eu venho repor este atleta, vou procurar fazer um pouco mais do que o Réver. Sei que ele foi importante mas agora é pensar em fazer o torcedor esquecer", afirmou logo em sua primeira manifestação.

Rodrigo retornou para a Ucrânia após o fim de seu período de empréstimo no São Paulo, se reapresentou dia 17 de janeiro e estava em pré-temporada. Diferente do Brasil, lá se dá ênfase a velocidade em detrimento do reforço muscular. "Vou esperar para ver quando poderei estar em campo, depende das avaliações a serem feitas. Eu estava somente trabalhando a parte física, preciso pegar um pouco de ritmo com bola", disse o zagueiro.

Perguntado se seria a solução para a defesa do Grêmio, Rodrigo pediu calma. "Vamos um pouco devagar, pelos clubes que eu passei sempre fui bem querido, fiz o que esperavam de mim, não será diferente aqui", revelou. "Gosto de falar, orientar meus companheiros, aprendi isso com o Ronaldão na Ponte Preta. Não acho que ficaria legal dizer que eu serei um dos líderes do time, mas gosto de ajudar também falando", completou.

Sobre a responsabilidade e a pressão que irá encontrar, o zagueiro demonstrou tranquilidade. "Primeiro eu tenho que treinar um pouco, que conquistar meu espaço dentro do Grêmio, conheço o Silas mas nunca trabalhei com ele, tem um tempo para estarmos à disposição e daí poder ajudar. Sei da responsabilidade que eu tenho aqui no Grêmio e também tenho meu objetivo que é conquistar um título individual de melhor zagueiro, então tomara que o Grêmio conquiste o título coletivo e eu o individual" explicou.

No Olímpico somente como adversário até agora, Rodrigo encerrou sua entrevista com o desejo de ser apoiado pela torcida. "Quero que tudo o que eu ouvi como adversário, agora esteja em meu favor. Incomoda muito o barulho que o torcedor faz, agora irá me ajudar", finalizou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host