UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
04/03/2010 - 11h42

Agente nega proposta do exterior e diz que Walter vive problemas pessoais

Do UOL Esporte
Em Porto Alegre
  • Walter (e), ao lado de Leandro Damião na foto, não aparece mais no Beira-Rio desde a última sexta

    Walter (e), ao lado de Leandro Damião na foto, não aparece mais no Beira-Rio desde a última sexta

No mais recente capítulo da novela Walter, atacante do Internacional que não aparece para treinar no Beira-Rio há uma semana, o representante do jogador, Téo Costantin, negou haver proposta do futebol do exterior e pediu compreensão quanto aos problemas familiares vividos pelo atleta.

"Dizem que há coisas para o Walter sair do país. Há muita conversa distorcida", declarou Costantin, representante designado pelo empresário Juan Figer para resolver a situação de Walter com o Internacional.

Segundo Constantin, Walter está vivendo problemas familiares. Sua mãe acaba de passar por uma cirurgia e não tem condições de viajar de Recife a Porto Alegre. Walter enviaria dinheiro mensalmente à família e estaria vivendo problemas financeiros em Porto Alegre.

"Às vezes falta recurso financeiro. Muitas vezes ele me ligou e foi atendido", disse Constantin à Rádio Bandeirantes nesta quinta. O empresário pediu compreensão com o jogador, um garoto de 20 anos que não estaria sabendo lidar com a responsabilidade de jogar em um clube grande.

"É um garoto que vem de uma família pobre. Ele cuida de sete pessoas, tem uma mãe que não está com boa saúde", afirmou Constantini. "Walter é um adulto, mas que não tem a estrutura para segurar jogar em um clube como o Inter. Vem uma hora que dá um branco na cabeça do menino. E isso foi o que aconteceu", completou.

INTERNACIONAL NO TWITTER

A direção do Internacional decidiu não mais se manifestar publicamente até que Walter decida se reapresentar ao Beira-Rio. Ele não treina desde a última sexta-feira, depois que o treinador Jorge Fossati cobrou mais profissionalismo do jogador, decisivo na virada do Inter contra o Emelec, dando o passe para o gol da vitória, mas que teria desrespeitado as regras da concentração antes da partida pela Libertadores. Em coletiva de imprensa nesta quarta, após a vitória sobre o Santa Cruz, Fossati disse que espera conversar com o jogador para definir o futuro dele.

Mesmo com as relações estremecidas entre direção e jogador, o empresário de Walter manifestou otimismo quanto ao retorno do atleta ao Beira-Rio. "É um problema particular do atleta, que deve ser resolvido em alguns dias. Isso é normal com um atleta novo", finalizou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host