UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
12/03/2010 - 19h41

Edílson cobra atitude do Grêmio e promete outra postura contra Inter-SM

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre

Edílson é o novo dono da camisa 2 do Grêmio. O jogador, contratado recentemente da Ponte Preta, não tem sequer concorrente pela posição. Com Mário Fernandes decidido a ser zagueiro e Joílson não emplacando, o atleta comemora a sequência de oportunidades. Porém, descontente com o desempenho do time, o jogador fez fortes cobranças em entrevista coletiva. Para Edílson, o Grêmio precisa mudar de postura e ter atitude dentro de casa.

"Estou entrosando mais com o pessoal, cheguei há 15, 20 dias. Vamos tentar mudar a atitude nossa, do grupo todo", disse o jogador. "Acho que no jogo contra o Porto Alegre, o time todo jogou abaixo da média. Mas dentro dos vestiários procuramos acertar tudo isso e teremos uma postura diferente no próximo jogo", prometeu.

O lateral-direito referiu que este pensamento não é só dele, mas de todos os jogadores. Em conversa no vestiário, foi debatido muito a falta de empenho da última rodada. "É um pensamento de todos. Todos sabem que podem render mais e vamos buscar isso.Tenho certeza que chegaremos a um nível alto, conquistaremos o Gaúcho e brigaremos pela Copa do Brasil, disse."Sabíamos que seria difícil. Fizemos um amistoso contra eles (Porto Alegre) e foi 6 a 0. Isso deixou a concentração um pouco baixa. Contra o Inter de Santa Maria é mais difícil e, por isso, a concentração vai ser maior. Precisamos dar uma resposta positiva para nós mesmos e para o torcedor", ressaltou.

O GRÊMIO NO TWITTER

Sobre a falta de concorrência na posição, Edílson lembrou de Joílson e garantiu empenho total, mesmo sem reserva imediato. "Tem o Joílson que também briga pela lateral. Meu negócio é trabalhar independente de quem estiver disputando comigo, ou mesmo sem ninguém. Se eu não me manter em um nível alto certamente vão contratar outro lateral", lembrou.

Ainda sobre a postura adequada para o Grêmio, o lateral encerrou sua entrevista citando o tamanho do clube em que está. "Neste último jogo, dentro de casa, ganhamos de 1 a 0, mas temos que agredir mais o adversário. A atitude tem que ser de um time vencedor, o Grêmio é um time grande, temos que respeitar as equipes menores mas a melhor maneira de respeitar é agredir", explicou.

Grêmio e Inter-SM se enfrentam neste domingo, às 19h30, no estádio Olímpico. Edílson está garantido pela direita, a única dúvida de Silas Pereira é na zaga. Mário Fernandes será avaliado no treinamento de sábado, caso não jogue, Rafael Marques será titular.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host