UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
09/04/2010 - 09h50

Após desclassificação, Grêmio busca remobilização focando a Copa do Brasil

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre

A derrota para o Pelotas, a desclassificação no segundo turno do Estadual e a quebra na sequência de bons resultados que o time vinha conquistando frustraram o grupo do Grêmio. E não somente de jogadores, mas comissão técnica, direção e principalmente, torcida, deixaram o Olímpico com o gosto amargo da eliminação, na última quinta. Para reerguer a moral de todos, o foco se volta para a Copa do Brasil e o trabalho é ressaltado para amenizar o momento.

"Não passou pela cabeça de ninguém, nem a de vocês (imprensa), que não iriamos passar, o time veio se construindo e crescendo. Não foi uma noite para esquecer porque derrota ninguém esquece, mas não conseguimos superar o Pelotas", disse Silas em entrevista coletiva.

Visivelmente chateado pelo ocorrido, o treinador encontrou algo positivo no fim da série de vitórias. "Ruiu esse negócio de sequência de vitórias. Agora é começar de novo, isso já acabou, ninguém vai falar mais disso, isso até é bom. Agora é pensar no Avaí, e depois, no jogo de volta", ressaltou o treinador.

Em momentos de derrota, o capitão do time é sempre chamado para se manifestar pelo elenco. Antes de responder qualquer pergunta sobre seu futuro no clube, Victor comentou a partida e o sentimento necessário para voltar a vencer. "A gente não pode deixar que isso cause impacto negativo, temos que tirar lições, estamos na final do Gauchão, isso era um objetivo, só não conseguimos o título antecipado. Não podemos colocar dúvidas no nosso trabalho, ganhamos 15 jogos seguidos. Temos que buscar onde erramos, até porque temos mais uma decisão na quarta-feira e temos de fazer o melhor", afirmou o goleiro.

Sobre o mesmo tema, as palavras de Silas não foram muito diferentes. "Creio que o momento é de calma. Eu até disse para os jogadores, cuidado com o que se vai falar porque estamos na final. Não sabemos quem será o adversário, mas estamos na final. Estamos tristes, muito, todos nós, mas aconteceu e não podemos ficar chorando em cima disso, quarta tem Copa do Brasil", disse.

Portanto, para retomar o caminho das vitórias, o Grêmio busca focar outra competição e esquecer momentaneamente o Estadual. Mesmo assim, o time tricolor aparenta estar ciente que é possível conquistar o título do certame. "Não creio que haja reflexo, o atleta de futebol na quarta-feira terá vida nova. Temos que pensar que na Copa do Brasil onde estamos muito vivos, e no Estadual mais vivos ainda", afirmou Silas. "Não podemos ficar encontrando explicação para a derrota, mas sim pensar em remobilizar o grupo", completou.

O GRÊMIO NO TWITTER

Pelas manifestações de jogadores, diretores e comissão técnica, a sequência interrompida não foi o mais relevante, mas sim o turno que acabou. "A frustração é pela derrota, pela desclassificação, sabíamos que mais cedo ou mais tarde acabaríamos perdendo dentro de casa, ninguém é imbatível, aconteceu hoje. Mas temos que dar crédito para o nosso trabalho e não pôr em dúvida. A gente tem que buscar lições e tirar força para seguir nosso caminho", sacramentou Victor.

A próxima oportunidade de retomar o caminho das vitórias é contra o Avaí, pela Copa do Brasil, na próxima quarta-feira. No certame estadual, o Grêmio aguarda o vencedor da Taça Fábio Koff para a grande decisão, uma vez que foi campeão da Taça Fernando Carvalho.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host