UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
09/04/2010 - 01h07

Silas evita crítica ao árbitro e admite que não esperava derrota em casa

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre
  • Thiago Duarte marcou 2 e o Pelotas tirou a invencibilidade gremista de 51 jogos no Olímpico

    Thiago Duarte marcou 2 e o Pelotas tirou a invencibilidade gremista de 51 jogos no Olímpico

Após a derrota contra o Pelotas, que desclassificou o Grêmio da Taça Fábio Koff e quebrou uma invencibilidade de 51 jogos no Olímpico, o técnico Silas Pereira se manifestou evitando a crítica direta à arbitragem e reconhecendo fraco desempenho gremista.Além disso, o treinador admitiu que não esperava a derrota, mas lembrou que o time está vivo na Copa do Brasil e na final do Estadual.

"Não quero falar da arbitragem porque eu sei que vocês(imprensa) viram também. Eu prefiro ver primeiro, vocês é que teriam que me dar essa notícia com certeza. Se foi pênalti, o segundo ou não, as pessoas disseram que não foi, mas ele marcou. Então, o que se vai fazer? Não da para voltar atrás", disse o treinador em entrevista coletiva. O lance reclamado é o segundo pênalti assinalado em favor do Pelotas.

"Não posso reclamar de faLta de vontade ou disposição. O árbitro teve uma atuação muito complicada, tivemos erros,não jogamos como esperávamos, tivemos chance para matar o jogo, mas não fizemos. Tivemos pênalti a favor e não foi dado. O momento nosso é bom, não podemos colocar desconfiança nos atletas nem no trabalho", reclamou o treinador.

Além das penalidades, a expulsão de Douglas também foi citada, mas neste caso, Silas deu razão ao árbitro. "Perdi 2 jogos em um só, muito mais do que marcas de números de vitórias, perdi o Douglas. A derrota aconteceria, temos que entender que estamos na final e temos um jogo de Copa do Brasil dentro de menos de uma semana. Não tem boa hora para perder, mas aconteceu. O futebol é assim, e não posso tirar o mérito do Pelotas, que cumpriu a risca sua proposta e venceu o jogo", explicou. "O Douglas é um jogador calmo, não é explosivo. Talvez a irritação com o árbitro tenha provocado essa atitude dele", completou.

O GRÊMIO NO TWITTER

Ciente do baixo rendimento do time, os problemas foram lembrados pelo técnico. "Hoje jogamos mal, temos que reconhecer, mas se há algo de positivo foi a volta do Leandro", disse. "Ninguém esperava que fossemos perder, nem mesmo nós. Acredito que vocês (imprensa) também não esperavam", afirmou.

A derrota mudou a programação do time tricolor. Em vez de um treinamento na sexta-feira pela manhã, o dia será de folga. A reapresentação ocorrerá no sábado, à tarde. O próximo jogo é na quarta-feira, pela Copa do Brasil, contra o Avaí, em casa.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host