UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
09/04/2010 - 07h00

Victor, do Grêmio, fala em tom de despedida: "Vou pensar na minha família"

Marinho Saldanha
Em Porto Alegre

Capitão do time do Grêmio, o goleiro Victor está envolvido em um verdadeiro cabo de guerra. De um lado o Grêmio que planeja uma alternativa financeira para propor um novo contrato e uma valorização salarial ao jogador. Do outro as constantes propostas do futebol italiano. Depois de se manifestar via assessoria de imprensa, na última quinta-feira, o goleiro foi chamado à sala de conferências do Olímpico para responder sobre a derrota do time para o Pelotas, porém não conseguiu fugir do assunto transferência. Chamou a atenção que em nenhum momento Victor afirmou que ficaria no Grêmio. Além disso, em tom de despedida, o goleiro avisou que pensará na segurança financeira de sua família.

Victor chegou no Grêmio em 2008, após ser campeão da Copa do Brasil com o Paulista de Jundiaí, o camisa 1 foi indicado por Vágner Mancini. De lá para cá a vida do goleiro mudou, com passagem pela seleção brasileira, prêmio de melhor do Brasileiro e o reconhecimento de todos no Olímpico. Mesmo assim, isto não deve ser o bastante para a permanência do jogador. Via assessoria de imprensa, o atleta afirmou ter duas opções na carreira e não garantiu sua permanência em Porto Alegre. Esclarecendo suas próprias palavras, o jogador se repetiu.

FICA VICTOR

Edu Andrade/Freelancer
A campanha via Twitter (http://twitter.com/ficavictor) para a permanência de Victor cresce a cada dia. No jogo entre Grêmio e Pelotas, desde a chegada dos jogadores ao estádio, cerca de 10 garotas tentavam mostrar de qualquer forma cartazes com os dizeres "fica Victor". Nas arquibancadas, o movimento se expandiu e os cartazes de multiplicaram.

"A manifestação foi no sentido de colocar o meu ponto de vista sobre tudo o que está acontecendo. Muitas coisas se fala e muitas coisas se especula e eu quis colocar o que penso. Estou com a cabeça dentro de campo, não quero ficar me estendendo muito porque isso aí é assunto interno, entre diretoria e meu representante. Vamos fazer o que for melhor para mim, para o Grêmio, vou pensar na segurança da minha família e no que será melhor para o clube", disse Victor, claramente em tom de despedida.

Com a insistência da imprensa sobre as palavras dele, Victor retrucou. "Que eu estou me despedindo é você que está dizendo, eu não disse nada disso. Eu preciso me posicionar em relação ao que é dito. Existem coisas, a gente sabe, mas estamos esperando conversar, isso vai ser decidido e conversado entre o meu representante e a diretoria do Grêmio", as coisas citadas pelo atleta são propostas do exterior.

Para manter Victor, a direção gremista está disposta a aumentar os vencimentos do goleiro em mais de 100%. Para reunir este dinheiro, um plano de capitalização junto a um de seus patrocinadores será lançado ainda este mês. Também não está descartada a dispensa de algum jogador para aliviar a folha de pagamentos e "sobrar" mais dinheiro para o investimento. Mesmo assim, os euros do velho continente soam mais interessantes.

Se sabe que Lazio, Fiorentina e Bari, todos da Itália, têm grande interesse na contratação de Victor após a Copa do Mundo, em que ele deve estar presente. Se deixar o clube, o arqueiro espera não levar consigo a mágoa de não ter conquistado títulos. "Quero ser campeão pelo Grêmio. Meu dia a dia é para isso. Quero ficar na memória do torcedor, os grandes atletas são imortalizados por isso", afirmou. Antes da Copa do Mundo há somente uma chance de ser campeão: o Campeonato Gaúcho, uma vez que a Copa do Brasil terá sua final após o recesso proporcionado pelo Mundial.

O GRÊMIO NO TWITTER

Victor e o Grêmio estão de folga nesta sexta-feira. A derrota para o Pelotas alterou a programação inicial, que previa um treinamento durante a manhã. À noite estava marcado um desfile em um evento de moda na capital gaúcha, do qual iriam participar atletas do clube, entre eles o capitão do time. O objetivo seria a divulgação de uma linha de roupas com a marca do Grêmio. Porém, com a desclassificação no segundo turno do Estadual, não há a confirmação de quantos ou quais atletas participarão do evento.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host