UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
18/04/2010 - 11h02

Confiante, Andrezinho reforça intenção de lutar por titularidade no Inter

Daniel Cassol
Em Porto Alegre
  • Andrezinho diz que não exagerou na reclamação por vaga no time

    Andrezinho diz que não exagerou na reclamação por vaga no time

Conhecido pela tranquilidade, o meia Andrezinho chamou a atenção na última semana ao desembarcar em Porto Alegre, após o jogo contra o Emelec no Equador, reivindicando a condição de titular do Internacional. Para o jogador, que deve entrar no lugar de D’Alessandro na decisão do returno do Gauchão contra o Pelotas, a reclamação não foi exagerada. Com profissionalismo e respeito aos colegas, Andrezinho reforça: “eu sei do meu potencial”.

“Eu não subi o tom em nenhum momento, só disse que queria um lugar entre os 11 e que ser o 12º jogador incomoda qualquer um. Ninguém gosta de ser o segundo na sua área. É ruim ficar carimbado como aquele jogador que sempre tem que entrar no segundo tempo. Eu sei do meu potencial”, disse o jogador ao UOL Esporte.

Andrezinho, autor de alguns gols decisivos pelo Inter sempre entrando no segundo tempo, reivindicou a condição de titular com mais veemência após entrar bem na partida contra o Emelec. Em dois lances, o jogador esteve perto de marcar o gol do Inter – um dos chutes parou no travessão.

Neste sábado, após o treino no Beira-Rio, Andrezinho voltou a afirmar que não perde de vista a luta pela titularidade no meio-campo colorado. Porém, sem desrespeitar a decisão do técnico Jorge Fossati e atuando sempre com profissionalismo, mesmo que siga entrando apenas no segundo tempo.

“Eu sempre fui um jogador que respeitei os treinadores e os companheiros. Acho que não subi o tom, até porque o respeito sempre houve da minha parte. O treinador é quem decide. Para você reivindicar alguma coisa como jogador, tem que trabalhar e sempre entrar nos jogos com profissionalismo, seja para jogar 90 ou 10 minutos. E isso não tem faltado em mim”, afirmou.

Andrezinho deve ser o titular do Inter na partida contra o Pelotas neste domingo, mas pela decisão do técnico Jorge Fossati de poupar o meia D’Alessandro para a partida decisiva na Libertadores na próxima quinta, contra o Deportivo Quito. O volante Glaydson também deve entrar no lugar de Guiñazu, enquanto Taison é uma possibilidade na vaga do atacante Walter. O zagueiro Índio, recuperando-se de lesão, dá lugar a Sorondo.

INTERNACIONAL NO TWITTER

Apesar de não querer confirmar sua presença em campo, Andrezinho afirma que espera corresponder – como sempre correspondeu, como ele mesmo diz.

“Todos que estão no Internacional têm condições de estar entre os 11. Eu vou continuar sendo o mesmo Andrezinho de quando cheguei, que trabalha e sempre vai querer jogar. Mas cabe ao treinador achar a formação melhor. Eu espero ter a oportunidade para corresponder como sempre correspondi”, completou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host