UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
19/04/2010 - 11h10

Alvo de vaias, Fossati volta a cogitar saída caso não se acostume com pressão inédita

Jeremias Wernek
Em Porto Alegre

Não foi a primeira vez que o técnico do Inter, Jorge Fossati, falou em deixar o comando técnico do clube gaúcho. Assim como não foi surpresa o uruguaio afirmar jamais ter lidado com tamanha pressão e cobrança sem cima de seu trabalho. Situações que deixam o ex-comandante da LDU e do Peñarol desconfortável. Fossati admite estar lutando para lidar com a impaciência que vem dar arquibancadas.

“Vejo que, para alguns torcedores, qualquer coisa que dá errado é culpa do treinador”, comentou Fossati, depois de ser chamado de ‘burro’ quando o Inter perdia por 2 a 0 a final da Taça Fábio Koff. “Teria que perguntar se quando dá certo o responsável também é o treinador”, ponderou.

É bem verdade que o técnico nunca trabalhou em um clube tão grande, com tamanha cobrança por resultados. “A verdade é que não dá para se sentir feliz com isso, mas vamos ver se dá para se acostumar com esse tipo de situação”, apontou. “Tenho conseguido manter o equilíbrio, mas se um dia não conseguir, acho melhor deixar o clube”, completou.

Nas palavras do uruguaio, “o Inter é grande, tem mais de cem anos e não depende de mim”. As vaias não foram inéditas para a postura do time em campo ou pelas trocas promovidas por Jorge Fossati. Em outros momentos adversos o torcedor protestou. O diferencial agora, no entanto, veio com a reversão do placar.

Para conquistar cada vez os colorados, Fossati precisará garantir a vaga nas oitavas de final diante do Deportivo Quito, na quinta, e ainda vencer o segundo Gre-Nal do ano, no primeiro jogo da final do Gauchão. No entanto, o treinador é cético quanto as reações da torcida após uma vitória hipotética em clássico.

“Não sei, vocês sabem mais do que eu como reagem os torcedores. Não tenho experiência com isso”, finalizou. O profissional começa a trabalhar o Inter para a última partida do grupo cinco da Libertadores nesta segunda à tarde. O esquema 3-5-2 pode seguir, contando com a volta do zagueiro Índio.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host