UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
19/04/2010 - 11h49

Inter adota cautela sobre incidente com Índio e diz ter controle sobre jogadores

Do UOL Esporte
Em Porto Alegre
  • Índio passou por cirurgia no braço direito após chegar com ferimento na madrugada desta 2ª

    Índio passou por cirurgia no braço direito após chegar com ferimento na madrugada desta 2ª

A direção do Internacional resolveu adotar cautela em relação ao episódio envolvendo o zagueiro Índio, que entrou em um hospital de Porto Alegre com cortes e sangramento no braço direito. Segundo o assessor de futebol, Roberto Siegmann, a direção colorada está acatando a versão de acidente doméstico, mas ainda espera conversar com Índio e com o médico que realizou o procedimento no braço do jogador.

“A direção do Inter tem a versão da esposa do atleta. A partir da conversa com o atleta e com o médico, podemos ter outra versão. Tenho muito receio com este diz que disse que se estabelece”, declarou Siegmann à Rádio Bandeirantes.

De acordo com o dirigente, a esposa do jogador informou que Índio teria se cortado em casa. O rompimento de uma artéria levou à necessidade de um procedimento no braço do jogador, ocorrido na manhã desta segunda. Índio já deu alta do hospital, por volta das 10h da manhã.

Roberto Siegmann disse à emissora que a direção do clube ainda não havia mantido contato nem com Índio nem com o médico que realizou a cirurgia. “Estamos tentando contatar os médicos do hospital, para saber a extensão do problema. Nós também não conseguimos falar com o jogador, porque ele estaria se recuperando”, afirmou Siegmann.

O dirigente também condenou o que considera ‘diz que disse’, sobre a informação de que Índio teria se ferido durante uma briga em uma boate de Porto Alegre. “Com qualquer pessoa que tenha alguma relevância, ainda mais no futebol, tem muito ‘diz que disse’ para todos os lados”, afirmou.

“Vestiário não é convento”

Na mesma entrevista, o assessor de futebol revelou que já averiguou pessoalmente denúncias de torcedores sobre “existência de sítio e casa noturna que abre à tarde”, e que todas elas eram infundadas. Siegmann destacou que o Inter tem controle sobre seus jogadores.

INTERNACIONAL NO TWITTER

“Quero dizer para a torcida e para os atletas que nós temos controle a respeito da vida pessoal dos jogadores. Em todas as informações que chegaram, fui pessoalmente averiguar e nenhuma versão correspondia à realidade”

Para o assessor de futebol do Inter, jogadores de futebol são jovens e têm direito de se divertir nos dias de folga. “Vestiário de futebol não é convento nem quartel. Temos gente normal, que vive e deve aproveitar a vida”, destacou Siegmann, que reafirmou o controle do Inter sobre a vida pessoal de seus jogadores. “O Inter não brinca com a conduta dos atletas, até porque eles valem dinheiro e o Inter não brinca com dinheiro”, completou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host