UOL Esporte Campeonato Gaúcho
 
05/05/2010 - 08h31

Inter admite que errou, pelo terceiro ano, planejamento do Campeonato Gaúcho

Jeremias Wernek
Em Porto Alegre

O Internacional parece não aprender com seus equívocos. A própria direção admite, publicamente, que pela terceira vez, errou no planejamento de disputa do Campeonato Gaúcho simultaneamente com a Copa Libertadores. Além do título de 2010, o clube gaúcho perdeu o torneio regional também em 2006 e 2007.

“Sendo sincero e direto, admito que erramos pela terceira vez”, desabafou o vice de futebol, Fernando Carvalho. Na atual temporada, o Inter apontou a Libertadores como prioridade. Começou a disputa estadual com um time B, tendo até outra comissão técnica. Para dar ritmo ao elenco principal, o clube decidiu atuar em partidas pontuais com força máxima.

Porém, depois do fim de janeiro, quando Jorge Fossati estreou oficialmente no Internacional, nenhuma outra partida foi disputada pelo Inter B. “Foi planejamento mesmo, para usar o time titular. Entendemos que isso seria melhor”, comentou Carvalho. “Ainda estamos procurando uma forma ideal de lidar com isso [disputa conjunta de campeonatos no primeiro semestre]. Teve o caso de 2007, o de 2006 e agora, com time B que vinha bem, forte, mas trocamos”, explicou.

INTERNACIONAL NO TWITTER

Em 2006, a todo vapor na Copa Libertadores, então sob o comando de Abel Braga, o Inter poupou titular e mesclou time nas final com o Grêmio, que sagrou-se campeão ao empatar as duas decisões, levando a melhor no saldo qualificado. No ano seguinte, depois do título mundial, a disputa do Gauchão começou com um time reserva, que se complicou. A volta dos titulares foi antecipada e não deu certo. O Inter foi eliminado pelo Veranópolis na pior campanha de sua história.

“O que acontece é que o time titular, focado na Libertadores, acaba não treinando. Esse é o grande problema. Jogador que vai para jogo não treina bola parada, movimentação, escanteio”, analisou o dirigente.

Vice campeão gaúcho de 2010, o Inter joga a sua manutenção na Libertadores nesta quinta-feira, em casa, contra o Banfield. Para avançar de fase, o clube gaúcho precisa fazer dois a zero nos argentinos. O adversário ainda não perdeu fora de casa no torneio e tem um dos melhores ataques da competição.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host