Topo

Futebol


Grêmio culpa primeiro tempo sonolento por empate contra o Juventude

Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio FBPA
Enderson Moreira grita com elenco do Grêmio em empate contra o Juventude Imagem: Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio FBPA

Do UOL, em Porto Alegre

2014-02-02T19:35:48

02/02/2014 19h35

Tanto o técnico Enderson Moreira quanto o meia Zé Roberto culparam o primeiro tempo do duelo contra o Juventude pelo empate em 1 a 1, neste domingo. Segundo o camisa 10 faltou atitude da equipe e o técnico viu o time 'muito abaixo'.

"Não ficamos felizes pelo empate. Todo time como o Grêmio é preparado para vencer. Se não deu, o empate é melhor que a derrota. Mas em relação aos tempos, foi notório. O primeiro foi muito abaixo do que podemos produzir. No segundo foi bem diferente. O Grêmio ainda poderia ter conquistado a vitória na segunda etapa. Temos que enaltecer também o bom trabalho do Juventude", afirmou Enderson Moreira.

O Grêmio levou 1 a 0 do Juventude no primeiro tempo. Durante os 45 iniciais, não conseguiu sequer ameaçar o gol defendido por Fernando. Na etapa final, melhorou a partir da entrada de Jean Deretti e acabou conquistando um ponto graças ao gol de Wendell, que finalizou o jogo em 1 a 1.

"Faltou atitude no primeiro tempo. Entramos passivos, faltou atitude. No segundo, merecíamos de repente um placar melhor. Mas valeu pelo empenho e a determinação. Foi um ponto, e vamos buscar o que faltou", disse Zé Roberto.

"No primeiro tempo tivemos muitos erros individuais. Perdemos muito a primeira e a segunda bolas. São ajustes normais que precisamos fazer. O que mais me chama atenção é o poder de reação e uma atitude diferente do primeiro tempo", acrescentou Enderson.

Os jogadores do Grêmio retornam imediatamente para Porto Alegre. Já na segunda-feira pela manhã o grupo trabalha no Olímpico. O próximo compromisso será diante do Veranópolis, na quarta-feira, na Arena.

Mais Futebol