Topo

Futebol


Inter divide 'fardo' de D'Alessandro e vê time mais dinâmico em 2014

Do UOL, em Porto Alegre

20/02/2014 06h00

O Internacional tem em D’Alessandro a figura de seu maior ídolo na atualidade. Referência técnica do time, capitão e líder do vestiário. Mas toma cuidado para não fazer o gringo virar o fio, carregando um fardo muito grande. Com Abel Braga, a estratégia é dividir as missões.

As chegadas de Dida e Aránguiz ajudam no plano. O goleiro auxilia na liderança do grupo no vestiário. E o chileno divide a tarefa com a bola no pé, dentro de campo.

“O D’Alessandro foi quem mais se destacou na temporada passada. Então acaba o jogo é ele que está de cabeça quente, a fase não era boa e tal. É ele que desabafa, é ele que reclama. Ele que é expulso, que leva amarelo. Fica responsável por tudo. Não pode ser assim”, disse Abel.

O plano pode até ser reforçado, já que D’Alessandro foi denunciado no TJD e pode pegar seis jogos de suspensão. Reflexo da declaração “fomos roubados de novo”, logo depois do apito final no Gre-Nal 399, na Arena do Grêmio, no começo de fevereiro.

“Estou muito feliz e contente pelo o que ele corre e se dedica em campo. Mas todo mundo tem que dividir”, comentou o treinador vermelho.

Em 2013, D’Alessandro foi o artilheiro do time vermelho. E se destacou em meio ao desempenho pífio da equipe. Nesta temporada, chegou a marca de 60 gols pelo clube.


 

Mais Futebol