Roger admite preocupação com Grêmio após derrota: "Passo atrás"

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

    Treinador admitiu jogo fraco e lamentou falhas defensivas e finalizações ruins

    Treinador admitiu jogo fraco e lamentou falhas defensivas e finalizações ruins

Perder nunca é bom. Perder em casa menos ainda. E perder jogando pouco, liga sinal de alerta. Assim foi a leitura de Roger Machado, treinador do Grêmio, depois de assistir seu time levar 2 a 0 do São José-POA na Arena, nesta sexta-feira (12). Para o treinador, o segundo tempo foi muito abaixo e o rendimento gera preocupação às vésperas da estreia na Copa Libertadores.

"Dizer que não preocupo também não é verdade. O nível da Libertadores é bastante alto, mas tenho confiança absoluta de que este foi o dia do não. Perder nunca é bom, dentro de casa menos ainda. Atuando mal, menos ainda. Mas este grupo nos trouxe até aqui, estava evoluindo bem e agora deu um passo atrás", disse Roger.

O São José suportou o jogo de circulação de bola e sobreposições do Grêmio por cerca de 30 minutos e depois cresceu. Foi no começo da partida que o tricolor perdeu três chances de marcar – duas com Maicon e uma com Luan. E após levar o gol nos acréscimos do primeiro tempo, os donos da casa se perderam.

"Foi uma partida onde jogamos abaixo, no ponto de vista técnico individual e coletivo. Demos espaços para o adversário fazer o que queria. Estivemos quatro ou cinco vezes na frente do goleiro e ele fez belíssimas defesas. Não foi o nosso dia, foi um jogo distinto", opinou o treinador do Grêmio.

Sem ter mais 100% de aproveitamento no Gauchão, o Grêmio agora volta suas atenções para a viagem ao México. Na próxima quarta-feira (17), o time gaúcho estreia no grupo seis da Libertadores enfrentando o Toluca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos