Anderson desencanta, promessa faz golaço e Inter goleia o Cruzeiro-RS

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/ Internacional

Anderson desencantou. O meio-campista teve sua melhor atuação com a camisa do Internacional neste sábado (20). Fez um gol e auxiliado pelos jovens do time, com golaço de Alisson Farias, um de Aylon e outro de Andrigo, comemorou uma goleada por 4 a 0.
 
O Inter atingiu o objetivo que Argel tinha definido para o sétimo jogo da temporada com dois de atraso. Na partida de número nove, apresentou seu melhor rendimento. Venceu naturalmente e dominou o jogo todo.
 
Anderson fez um gol, acertou a trave, começou a jogada do segundo, lançou para o terceiro e deixou o campo aplaudido de pé pelos torcedores presentes.
 
O placar leva a equipe para o terceiro lugar no Gauchão. O Cruzeiro-RS, por outro lado, é lanterna na competição com apenas um ponto.
 
INTERNACIONAL 4 X 0 CRUZEIRO
Data: 20/02/2016 (Sábado)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Daniel Bins
Auxiliares: José Javel Silveira e Max Augusto Guimarães Vioni
Cartões amarelos: Anderson (INT), Jackson (INT);
Gols: Anderson, do Inter, aos 48 minutos do primeiro tempo; Aylon, do Inter, aos 14 minutos do segundo tempo; Alisson Farias, do Inter, aos 23 minutos do segundo tempo; Andrigo, do Inter, aos 29 minutos do segundo tempo;
 
INTERNACIONAL: Alisson;William, Paulão, Jackson e Arthur; Fernando Bob, Rodrigo Dourado, Anderson (Alex) e Alisson Farias; Eduardo Sasha (Andrigo) e Aylon (Yan Petter).
Técnico: Argel Fucks
 
CRUZEIRO-RS:Andrey; Rodrigo Heffner, André Ribeiro, Vladimir e Jefferson; Paraná, Reinaldo, Matheus e Elton (Vinícius); Juninho Tardelli (Thiago Alagoano) e Caion (Chiquinho).
Técnico: Luís Antônio Zaluar

 

FASES DO JOGO

  • Primeiro tempoO controle foi do Inter durante todo o primeiro tempo. O time da casa rondava o gol do Cruzeiro e passou a criar boas chances. Aylon, aos 17 minutos, perdeu chance sem goleiro de dentro da pequena área. Em seguida, com o aumento da pressão, Anderson acertou a trave. O meio-campista, aliás, que teve atuação destacada e aos 48 minutos acertou um chute de fora da área para abrir o placar. O lance fez justiça pela pressão exercida pelos vermelhos, que não foram ameaçados em um minuto sequer.
  • Segundo tempoO segundo tempo não foi diferente do primeiro. O Cruzeiro abandonou a postura defensiva, tentou igualar, mas logo aos 14 minutos Anderson começou uma jogada que passou por William e acabou na cabeça de Aylon, que fez mais um. Em seguida, Anderson participou de novo, com um lançamento longo que contou com drible e golaço de Alisson Farias, no ângulo. E para fechar o placar, Andrigo entrou na área e colocou nas redes. Ainda houve tempo para Yan Petter acertar a trave e o Inter consolidou sua melhor atuação no ano com 4 a 0.

Destaques

  • Ao estilo Petr ChéchO goleiro Andrey, do Cruzeiro, usa uma proteção na cabeça ao estilo do goleiro do Arsenal. "Uma vez bati a cabeça e prefiro usar como proteção", explicou.

Melhores

  • Anderson, InternacionalO meio-campista foi a principal arma do Inter, organizou jogadas, fez gol e conseguiu organizar as ações do time.

Piores

  • Sasha, InternacionalParticipou pouco das ações ofensivas do Internacional e teve atuação apagada.

UOL Cursos Online

Todos os cursos