Henrique Almeida marca e Grêmio espanta crise antes de pegar LDU

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

O princípio de crise foi liquidado pelo Grêmio, neste sábado (27), na Arena. Aos 44 minutos do segundo tempo, o centroavante Henrique Almeida marcou seu primeiro gol pelo time gaúcho e garantiu a vitória - que no final foi de 4 a 2 em cima do Glória, pela sétima rodada do Campeonato Gaúcho. A atuação cheia de altos e baixos termina a série de partidas sem vitória às vésperas do retorno à Copa Libertadores.

Antes de vencer o time de Vacaria, o Grêmio tinha apenas uma vitória em quatro jogos. Por conta da sequência e das atuações irregulares, o time foi alvo de protesto de 50 torcedores na sexta-feira. Tudo isso gerou ansiedade pela última partida antes de enfrentar a LDU, em partida do grupo seis da Libertadores.

Em casa, o tricolor teve mais de 12 chances vivas de gol e não foi efetivo. Para piorar, a defesa voltou a falhar. Eder abriu o placar após uma blitz dos donos da casa. Giuliano empatou nos acréscimos do primeiro tempo. Geromel virou aos três da etapa final, mas Vinícius fez de novo. Aos 44, Henrique Almeida acertou um chutaço de fora da área e garantiu o triunfo. Aos 47, Luan confirmou o escore.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 4 X 2 GLÓRIA

Data: 27/02/2016 (sábado)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 9.582 pessoas (8.155 pagantes)
Renda: R$ 279.800,00
Árbitro: Jean Pierre Lima
Auxiliares: Max Augusto Guimarães Vioni e Fabrício Lima Baseggio
Cartão amarelo: Fred, Douglas, Maicon, Bressan (GRE); Baré, Rafael, Leandro, Luanderson, Danilo (GLO)
Gols: Eder, aos 27 minutos do primeiro tempo; Giuliano, aos 46 minutos do primeiro tempo. Geromel, aos três minutos do segundo tempo. Henrique Almeida, aos 44 minutos do segundo tempo; Luan, aos 47 minutos do segundo tempo

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Geromel, Kadu e Marcelo Oliveira; Maicon (Henrique Almeida), Kaio, Giuliano, Douglas (Lincoln) e Everton; Luan
Técnico: Roger Machado

GLÓRIA: Rafael; Pedro Victor, Danilo, Alisson e Márcio Goiano; Luanderson, Elyeser, Cleiton (Vinicius) e Eder; Leandro (Germano) e Baré (Emerson Dantas)
Técnico: Rodrigo Bandeira

Fases do jogo

  • Primeiro tempoUm jogo até os 27 minutos e outro diferente depois. Por quase meia hora, o Grêmio esteve bem perto de reproduzir as atuações do ano passado ? com amplitude, profundidade e chances de gol. A intensa movimentação de Luan, Everton e Giuliano rendeu quatro oportunidades claras para o tricolor. Só que foi o Glória quem saiu na frente. Eder aproveitou passe errado de Maicon e chutou forte no canto esquerdo. A desvantagem transformou os donos da casa. Ansioso, o Grêmio voltou a errar passes curtos. Deu espaço e foi acossado. Até que Giuliano, aos 46, empatou após bonita assistência de Everton.
  • Segundo tempoA desvantagem foi revertida rápido pelo Grêmio. Com três minutos, Geromel desviou de joelho e fez 2 a 1. Mas nem assim, o tricolor conseguiu obter uma vitória tranquila. Empilhando finalizações de fora da área e chances reais, onde Everton acertou a trave esquerda, os donos da casa pagaram preço alto. Vinícius, em contra-ataque, empatou. O tropeço estava se desenhando, mas aos 44 minutos Henrique Almeida salvou. Com um chute forte, rasteiro. Aos 47, Luan confirmou o triunfo em finalização de dentro da área.

Destaques

  • Quase reforçoA escalação do Glória trouxe um nome que por muito pouco não foi bem conhecido do torcedor do Grêmio. Baré, 34 anos, negociou com o tricolor em 2015 e chegou a acertar salários. Na hora de finalizar a transferência, o clube gaúcho mudou de ideia e desistiu do acordo. O centroavante de 1,90m rodou por Al Ahli, Al Jazira e Gamba Ozaka antes de ser preterido por Braian Rodríguez, que foi indicado por Felipão e ficou com a vaga de reforço para o ataque à época.
  • Defesa em baixaSe na frente o Grêmio mostrou melhora, se aproximando do modelo de jogo da temporada passada, atrás o filme de 2016 segue igual. Com falhas individuais e coletivas, a defesa voltou a ser problema. Vazado mais duas vezes, o tricolor deu espaço pelos lados e penou outra vez pelo alto. Marcelo Grohe, que foi vilão contra o São Paulo-RS, salvou pelo menos duas vezes.

Melhores

  • Geromel, GrêmioAlém de marcar o gol da vitória, zagueiro mostrou protagonismo ao liderar time na reação. Participou do princípio da jogada que terminou com o empate. Ao longo da partida, liderou não só a defesa em campo. Também indo bem no confronto um contra um e nas antecipações.
  • Rafael, Glória-RSO placar final do jogo tem grande influência dele. O goleiro do Glória foi vital para o time de Vacaria escapar de outros gols. Com três boas defesas em cada tempo e outras intervenções mais simples, o camisa um foi destaque entre os visitantes.
  • Everton, GrêmioMeia-atacante deu assistência para Giuliano marcar, acertou a trave com uma finalização de dentro da área e se movimentou o jogo todo. Foi peça-chave para abrir espaços flutuando nos lados do campo.

Piores

  • Maicon, GrêmioPilar do modelo de jogo adotado ainda no ano passado, volante voltou após ser preservado e deu sinais de falta de ritmo. Errou passe na frente da área que terminou com o primeiro gol do Glória e em todo jogo pecou em princípios básicos. Foi sacado antes do fim para deixar o time mais ofensivo.
  • Marcelo Oliveira, GrêmioLateral esquerdo falhou na cobertura defensiva em mais de uma oportunidade. Participou bem de organização ofensiva, mas errou no lance que terminou com o segundo gol do Glória.

Próximos Jogos - Grêmio

  1. Cruzeiro CRU
    Grêmio GRE
  2. Cruzeiro CRU
    Grêmio GRE
  3. Grêmio GRE
    Sport SPT
  4. Vasco VAS
    Grêmio GRE
  5. Botafogo BOT
    Grêmio GRE

UOL Cursos Online

Todos os cursos