Inter reconhece histórico e trata jogo com Juventude como clássico

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Alexandre Lops/AI Inter Divulgação

    Inter venceu Juventude em Caxias, no ano passado. Amistoso terminou 3 a 1

    Inter venceu Juventude em Caxias, no ano passado. Amistoso terminou 3 a 1

Durante muito tempo, o Internacional não reconheceu as partidas diante do Juventude como clássico. Mas em 2016 é diferente. Argel Fucks puxou a fila do discurso que saiu do lugar comum e abraçou a rivalidade com a equipe de Caxias do Sul. O rótulo certamente também é uma forma do treinador vitaminar seu time para duelo deste domingo, às 17h (Brasília) no estádio Alfredo Jaconi, pela sétima rodada do Gauchão.

"É um clássico do futebol gaúcho. É um estádio muito bom para jogar. O campo é muito bom. É um jogo diferente, a gente sabe disso", disse Argel.

Em outras temporadas, às vésperas do jogo contra o Juventude, o Inter nunca tratou tão abertamente a partida como um clássico. A boa fase da equipe de Caxias também explica. Sob o comando de Antônio Carlos Zago, o time da Serra ainda não perdeu. Tem o artilheiro do estadual e acumula 100% de aproveitamento como mandante.

"É um clássico e clássico tem sempre 50% de chance para cada lado. O adversário vem bem na competição, é um confronto direto. A nossa diferença de pontos está em cinco, pode virar dois. É confronto direto. Já fui lá várias vezes, com Criciúma e Caxias. Já joguei clássico lá. Mas é um jogo importante, é um jogo bom para o jogador jogar. É um jogo diferente. A gente se prepara para este momento, jogar os grandes jogos", afirmou Argel.

O tratamento se confirmou na prática. A comissão técnica alterou a programação antes da partida: viagem antecipada para o interior e treino com portões fechados, na cidade de Farroupilha, no sábado à tarde. Anteriormente, o plano era encerrar a preparação com uma atividade em Porto Alegre, no CT do Parque Gigante.

Nos últimos anos, contudo, o Inter tem larga vantagem diante do Juventude. Com direito a quatro goleadas – 8 a 1 na final do Gauchão de 2008, 5 a 0 no estadual de 2010, 7 a 0 em 2012 e 4 a 1 em 2013. O status de clássico tem ligação com os confrontos dos anos 1990. Na Copa do Brasil de 1998, por exemplo, o time da Serra fez  4 a 0 em pleno Beira-Rio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos