Inter se recupera no Gauchão e quebra série invicta do Juventude

Do UOL, em Porto Alegre

O Internacional voltou a vencer no Campeonato Gaúcho, e não foi qualquer vitória. Neste domingo (28), o Colorado venceu o então invicto e líder Juventude em Caxias do Sul. Eduardo Sasha fez o único gol da partida, válida pela sétima rodada. Com o placar de 1 a 0 no Alfredo Jaconi, o time diminui a distância para a ponta da tabela.

Com uma partida segura defensivamente, o Inter se recupera após perder para o Veranópolis no Beira-Rio (2 a 1). Acaba com a série invicta do Juventude e cresce na pontuação. Agora, o Colorado soma 14 pontos e vê o líder São José-POA (17) mais perto. O time de Caxias do Sul, por sua vez, perdeu a primeira e parou após seis rodadas.

FASES DO JOGO

Primeiro tempo: O Internacional não foi brilhante, mas dominou o Juventude. Com marcação forte no meio-campo, o Colorado segurou o ataque dos donos da casa e foi quem teve as melhores chances. Artur acertou a trave esquerda e Andrigo perdeu gol de frente para o goleiro Elias. Eduardo Sasha, de cabeça, consumou. Aos 40, ele aproveitou bom cruzamento de Artur e venceu o goleiro.

Antes do intervalo, um lance duro. Mailson levou a pior em dividida com Alisson e teve suspeita de fratura na face. O camisa 11 do Juventude se chocou com o joelho do goleiro do Inter. Ensanguentado, ele precisou ser levado de ambulância para um hospital de Caxias do Sul.

Segundo tempo: O Juventude saiu mais para o ataque, mas demorou até criar suas chances. O Inter, com ritmo mais lento, controlou a pressão até os 30 minutos. Ali, os donos da casa fizeram uma blitz e pressionaram. Foram três boas oportunidades para o time mandante. Incluindo bola no travessão após escanteio fechado de Pará. Aylon chegou a mandar para as redes, mas o lance foi anulado depois da arbitragem marcar impedimento.

DESTAQUES

Ernando de volta: a grande surpresa na escalação do Internacional foi a volta do zagueiro. Recuperado de lesão muscular, contraída durante a Florida Cup, ele desbancou Jackson - que fez gol contra no jogo diante do Veranópolis. A atuação foi facilitada pela inoperância ofensiva do Juventude.

Acabou: com a derrota em casa, o Juventude perdeu duas marcar de uma só vez. Deu adeus ao 100% de aproveitamento como mandante e também a invencibilidade de seis jogos no estadual. Até então, o time treinado por Antônio Carlos somava cinco vitórias e um empate.

Gastroenterite: Alex foi desfalque de última hora no Internacional. Na chegada ao estádio, o Colorado informou que o meia apresentou quadro de gastroenterite durante o sábado. "Eu fiquei sem dormir até às 6h, infelizmente não pude ficar à disposição", relatou o jogador - que seria suplente.

MELHORES

Artur: lateral esquerdo conseguiu vencer a marcação de Helder durante boa parte do jogo. Com velocidade e dribles. Foi assim que o Inter chegou forte ao gol do Juventude. Um chute na trave do camisa 15 e assistência para Eduardo Sasha converter.

Anderson: centralizado em uma linha de três armadores, que se modificava bastante durante o confronto, o camisa oito foi participativo. Distribuiu bons passes curtos, tentou lançamentos e assumiu responsabilidade. Na etapa final caiu de rendimento, mas ainda assim foi bem.

PIORES

Hugo: isolado no meio de Rodrigo Dourado e Fabinho, mas sem marcação individual, o experiente meia foi nulo ofensivamente. Após o intervalo, ele chegou a recuar para frente dos zagueiros em busca de espaço para armar os ataques do Juventude. Nada feito.

Brenner: artilheiro do Gauchão com sete gols, o centroavante era dúvida para o jogo - por conta de dores no adutor da coxa direita. Entrou em campo, mas pouco fez. Sem conexão dos meias, foi alvo fácil aos zagueiros.

FICHA TÉCNICA
JUVENTUDE 0 X 1 INTERNACIONAL

Data: 28/02/2016 (domingo)
Local: estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Árbitro: Francisco Neto
Auxiliares: José Eduardo Calza e Maurício Penna
Cartão amarelo: Mailson (JUV); Paulão, Andrigo (INT)
Gols: Eduardo Sasha, aos 40 minutos do primeiro tempo

JUVENTUDE: Elias; Hélder, Pereira (Klaus), Heverton e Pará; Wanderson, Itaqui e Hugo (Kayron); Dieguinho, Maílson (Dionas Bruno) e Brenner
Técnico: Antônio Carlos Zago

INTERNACIONAL: Alisson; William, Paulão, Ernando e Artur; Fabinho, Rodrigo Dourado, Anderson (Yan Petter) e Andrigo (Gustavo Ferrareis); Eduardo Sasha e Aylon (Alisson Farias)
Técnico: Argel Fucks

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos