Da seca às goleadas: Arena vira amuleto do Grêmio para o Gre-Nal

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Wesley Santos/Drone Service Brasil/Divulgação

    Arena do Grêmio é arma contra o Inter. Pelo menos nos dois últimos jogos

    Arena do Grêmio é arma contra o Inter. Pelo menos nos dois últimos jogos

Qualquer breve busca na internet colocará a Arena do Grêmio em situações opostas quando o assunto é o Gre-Nal. Inaugurado em 2012, o estádio tricolor demorou dois anos para ver seu dono vencer o rival pela primeira vez. Mas de lá para cá virou amuleto e palco das maiores glórias recentes em azul, branco e preto. 

A invencibilidade gremista em casa já dura um ano e meio. Foi em novembro de 2014 que aconteceu a primeira vitória e desde então jamais o Inter venceu. Não bastasse isso, as duas vezes em que os donos da casa superaram o rival como mandantes foram esmagadoras. 
 
A primeira delas teve placar de 4 a 1. Pelo Brasileirão de 2014, Alán Ruiz comandou a vitória fazendo dois gols e entrando para o seleto grupo de ídolos por comemorar seus feitos em frente ao banco de reservas do rival, gerando revolta e quase um início de briga nos minutos derradeiros do duelo 403 da história. 
 
Não bastasse isso, no dia seguinte ao jogo o tom provocativo do argentino seguia. O destino era D'Alessandro, ídolo do Inter. Foto nas redes sociais, mensagens destinadas ao rival e muita provocação colocaram Ruiz como predileto dos gremistas até hoje. A cada janela de transferências não são poucos os aficionados a pedir investida para trazê-lo de volta ao Grêmio, mesmo que em campo sua passagem teve na reserva o local mais frequente.
 
E há exatos 208 dias a maior consagração. Uma goleada por 5 a 0 que entrou para história rompendo placar que não acontecia há 100 anos. Foi a glória absoluta para um estádio que ainda não conseguiu ser palco de títulos e ficou dois anos sem ver seu dono bater o tradicional oponente. Mas enfim tornou-se local de vitórias esmagadoras. 
 
Do time que entrou em campo na goleada por 5 a 0, oito devem estar novamente neste domingo. Indício de novo placar elástico? É tudo que o torcedor gremista espera para elevar ainda mais a moral do grupo que terá, na próxima quarta, o San Lorenzo pela frente na Libertadores. 
 
No total, desde o primeiro Gre-Nal, em 4 de agosto de 2013, a Arena recebeu seis edições do clássico com duas vitórias do Grêmio, três empates e uma vitória do Inter. O Tricolor marcou 12 gols e o Colorado, 5. Entretanto, por Campeonato Gaúcho, como o duelo do próximo domingo, o Grêmio ainda não venceu. Os feitos foram ambos pelo Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos