Grêmio confirma duas fraturas em mandíbula e Bolaños fará cirurgia

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Miller Bolaños será submetido a cirurgia na próxima quarta-feira. Substituído no intervalo do Gre-Nal 409, neste domingo (06) na Arena do Grêmio, o equatoriano teve confirmadas duas fraturas na mandíbula. Segundo o time gaúcho, a previsão de retorno dos treinos é de um mês.

"Está confirmada a fratura, o jogador vai fazer a cirurgia. Ele nem vai deixar o hospital", disse Paulo Rabaldo, médico do Grêmio, poucos minutos depois do apito final do clássico. "É difícil garantir o tempo de parada, o Edinho teve uma lesão semelhante e voltou em um mês. Mas depende de vários fatores", completou. 

Bolaños foi do jogo direto para o hospital. Após um lance com o lateral direito William, o equatoriano aguentou a dor e seguiu atuando no primeiro tempo. Mas no intervalo foi sacado e encaminhado para realização de exames. 

Principal contratação do Grêmio na temporada, 'The Killer' custou R$ 19,4 milhões e fez apenas seu segundo jogo. Contando com 30 dias de parada, ele perderá as duas partidas com San Lorenzo pela Libertadores e mais jogos com São José, Ypiranga, Passo Fundo e Juventude no Gaúcho. Retornando apenas no dia 13 de abril, diante da LDU, no Equador. 

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, definiu a entrada do jogador do Internacional em Bolaños como 'criminosa'. Segundo ele, o movimento de cotovelo foi proposital. 

Na zona mista, os jogadores do Grêmio mostraram irritação com o adversário. "Ele precisa pedir desculpas para o Bolaños", bradou Pedro Geromel. 

O clássico terminou 0 a 0 e acabou sendo um resultado bom para ambos os times, um em cada campeonato. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos