Defesa falha de novo, mas Grêmio vence de virada o lanterna do Gauchão

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Jogadores do Grêmio comemoram gol contra o Cruzeiro-RS, pelo Gauchão

    Jogadores do Grêmio comemoram gol contra o Cruzeiro-RS, pelo Gauchão

Quando o Grêmio leva gols em 2016, na imensa maioria das vezes é através da bola aérea. Não foi diferente neste sábado (12). O time reserva repetiu o titular e foi vazado desta forma contra o Cruzeiro-RS. Mas aproveitou-se da fraqueza do lanterna do Gauchão e conseguiu a virada ainda no primeiro tempo. Ao fim do jogo, vitória por 3 a 1. 

O resultado foi construído com gols de Pedro Rocha, Lincoln e Bobô. Caion marcou para o Cruzeiro em uma jogada que começou em cobrança de lateral. Um desvio alto de Reinaldo acabou na cabeça do atacante, que estava livre. Novamente a bola aérea, principal maneira que o Tricolor sofre gols neste ano. Foi assim, por exemplo, diante do San Lorenzo na última rodada da Libertadores. Ou mesmo contra o Toluca também na competição continental. E também contra o São Paulo-RS no Gauchão. Além de outra série de oportunidades. 
 
Independente da dupla de zaga, falhas têm se repetido neste quesito. Tanto que o técnico Roger Machado já reclamou algumas vezes e repete atividades em treinamentos. 
 
A virada aconteceu por boa atuação do jovem Lincoln auxiliado pela fragilidade do adversário. O Cruzeiro-RS faz a pior campanha de sua história no Gaúcho. Nas nove partidas disputadas, soma apenas três pontos. Não venceu uma vez sequer e está muito perto de confirmar rebaixamento. Já o time de Porto Alegre soma, agora, 19 pontos e iguala o Juventude, que joga no domingo, na vice-liderança. 
 
CRUZEIRO-RS 1 X 3 GRÊMIO
 
Data: 12/03/2016 (Sábado)
Local: Estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)
Árbitro: Daniel Soder
Auxiliares: Maurício Coelho Silva Penna e Michael Stanislau
Cartões amarelos:  Lincoln (GRE), Kaio (GRE); Ben Hur (CRU), Thiago Alagoano (CRU), Paraná (CRU)Vladimir (CRU), Matheus (CRU);
Gols: Caion, do Cruzeiro-RS, aos 24 minutos do primeiro tempo; Pedro Rocha, do Grêmio, aos 25 minutos do primeiro tempo; Lincoln, do Grêmio, aos 11 minutos do segundo tempo;
 
CRUZEIRO-RS: Andrey; Rodrigo Heffner, Vladimir, André Ribeiro e Sander; Ben-Hur (Raymond), Reinaldo (Jefferson), Paraná e Thiago Alagoano; Chiquinho (Matheus) e Caion.
Técnico: Ben Hur Pereira 
 
GRÊMIO: Bruno Grassi; Kaio, Rafael Thyere, Bressan e Marcelo Hermes; Jaílson, Ramiro, Pedro Rocha, Lincoln (Iago) e Fernandinho (Henrique Almeida); Bobô (Tontini).
Técnico: Roger Machado

FASES DO JOGO

  • Primeiro tempoMesmo com time reserva, o Grêmio era superior tecnicamente ao Cruzeiro-RS. Tanto que criou a principal chance do início do jogo. Fernandinho e Bobô perderam no mesmo lance, aos 20 minutos. O Cruzeiro-RS criou alguns momentos de dificuldade para a defesa tricolor com Chiquinho. E quando era inferior no jogo, abriu o placar por um caminho conhecido na defesa gremista: bola aérea. Um lateral desviado por Reinaldo foi aparado por Caion, que colocou na rede. A resposta foi no minuto seguinte. Luan encontrou Pedro Rocha, que empatou. Aos 37, quase o Cruzeiro-RS fez outro. Bruno Grassi saiu mal e a bola parou na trave em nova jogada aérea. Mas o Grêmio foi mais eficiente e virou aos 45 com gol de Bobô, de cabeça.
  • Segundo tempoNo começo do segundo tempo, o Cruzeiro-RS tentou atacar. E sofreu. Com velocidade, Lincoln foi lançado e sofreu pênalti aos 10 minutos do segundo tempo. Ele mesmo bateu e colocou na rede o terceiro gremista. E o resumo dos minutos que seguiram no jogo foi o Tricolor criando chances e o adversário abatido, como se já aceitasse a condição de provável rebaixado para a segunda divisão gaúcha. Não houve nova movimentação no placar.

Destaques

  • RessacaDepois de 3 jogos com público próximo dos 40 mil pessoas na Arena, o Grêmio viu cais sensivelmente a presença de aficionados. Menos de mil assistiram o jogo na região metropolitana de Porto Alegre.
  • Ramiro de voltaRamiro voltou a disputar uma partida oficial. O jogador estava afastado desde o fim de janeiro por conta de uma lesão no tornozelo.
  • Titulares viajam domingoOs reservas atuaram contra o Cruzeiro-RS porque os titulares do Grêmio embarcam neste domingo para a Argentina, onde na terça terão pela frente o San Lorenzo, pela Libertadores.

Melhores

  • Lincoln, GrêmioLiderança técnica do time reserva, fez um gol e ditou ritmo das ações ofensivas da equipe.

Piores

  • Fernandinho, GrêmioNão teve vitória pessoal sobre seus adversários e contribuiu pouco no setor ofensivo.

UOL Cursos Online

Todos os cursos