Grêmio vê conquista da tranquilidade para Libertadores: "Clima leve"

Do UOL, em Porto Alegre

  • Marinho Saldanha/UOL

    Marcelo Grohe vê clima favorável para partida contra a LDU, no Equador, pela Libertadores

    Marcelo Grohe vê clima favorável para partida contra a LDU, no Equador, pela Libertadores

Após a vitória por 4 a 1 sobre o Brasil de Pelotas pelas quartas de final do Gauchão, os jogadores do Grêmio celebraram a tranquilidade para a viagem a Quito, onde o time de Porto Alegre enfrenta a LDU pela Libertadores. Segundo os atletas, o clima será leve na longa ida ao Equador. 

"É diferente do que aconteceu na viagem passada, ao México, quando saímos daqui com derrota. O clima fica mais pesado. Agora o clima é leve, será diferente, estamos prontos para esta sequência complicada", explicou o goleiro Marcelo Grohe. 
 
Os gols foram de Bobô, Pedro Geromel, Giuliano e Pedro Rocha. O Tricolor não passou por susto algum. Jogou bem e jamais se viu ameaçado de fato pelo rival da zona sul do Estado. 
 
"Seria um desastre cair fora hoje. Essa forma de campeonato é complicado. Nossa única vantagem era jogar em casa. E o time deles têm torcida também. Então era isso. Tudo poderia acontecer em um jogo. O importante foi passar e ir com tranquilidade para o Equador, em busca de um grande jogo", completou Grohe. 
 
A viagem a Quito já começa na manhã desta quinta-feira. Lá, o Tricolor tentará se adaptar aos 2,8 mil metros de altitude durante sete dias e encarar a LDU com igualdade de condições. 
 
"Uma vitória no mata-mata é difícil, o placar que fizemos nos dá confiança para entrarmos em outra competição e fazer uma grande partida", finalizou Luan. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos