Inter usa força ofensiva, passa fácil pelo São Paulo-RS e vai à semifinal

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Internacional

    Aylon comemora gol do Internacional contra o São Paulo-RS, pelo Gauchão

    Aylon comemora gol do Internacional contra o São Paulo-RS, pelo Gauchão

O Inter chegou a 14 gols nos últimos quatro jogos. Com a sequência da força ofensiva, o Colorado não encontrou dificuldade para bater o São Paulo-RS, neste domingo (10), no Beira-Rio. O placar de 3 a 0 colocou o time vermelho na semifinal do Gauchão. 

É injusto dizer que houve muita resistência. O São Paulo-RS aguentou 40 minutos sem sofrer gols. Também sequer chutou no gol defendido por Alisson no primeiro tempo. E acabou levando gols de Paulão, Aylon e Vitinho. E poderia ter sido mais. 
 
O próximo adversário do Internacional será o São José, que eliminou o Novo Hamburgo. Serão duas partidas e o jogo decisivo ocorrerá no estádio do Zequinha, que tem melhor campanha. O resultado, ainda, contempla um pedido do Grêmio de adiamento de sua partida contra Ypiranga ou Juventude. Por força da televisão, o adiamento só ocorreria se o Inter avançasse. 
 
INTERNACIONAL 3 X 0 SÃO PAULO-RS
 
Data: 10/04/2016 (Domingo)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Anderson Daronco 
Auxiliares: Júlio Cesar dos Santos, Rafael da Silva Alves
Renda: R$ 649.785,00
Público: 17. 803 (Total)
Cartões amarelos:  Guto Dresch (SP), Romano (SP), Mikael (SP), Rafael Pilões (SP); Fernando Bob (INT), Paulão (INT); 
Gols: Paulão, do Inter, aos 40 minutos do primeiro tempo. Aylon, do Inter, aos 43 minutos do primeiro tempo; Vitinho, do Inter, aos 7 minutos do segundo tempo; 
 
INTERNACIONAL
Alisson; PC Magalhães (Aylon), Paulão, Ernando e Arthur; Fernando Bob (Jair), Fabinho, Andrigo (Gustavo Ferrareis) e Anderson; Vitinho e Eduardo Sasha. 
Técnico: Argel Fucks
 
SÃO PAULO-RS
Deivity; Mikael, Fernando Pinto, Henrique e Romano; Raulen (Faísca), Guilherme Moller, Guto Dresch e Thiago Corrêa; Athos (Anderson) e Guto Nervis (Rafael Pilões). 
Técnico: Hélio Vieira

FASES DO JOGO

  • Primeiro tempoO Inter foi dono do jogo. Desde os primeiros minutos, foi o Colorado que ameaçou o gol dos visitantes de Rio Grande. Insistiu pelo chão e quase marcou com Sasha, que acertou a trave, e Anderson, que obrigou o goleiro Deivithy a uma difícil defesa. Mas não demorou para abrir o placar, só que pelo alto. Aos 40 minutos, Paulão fez o primeiro. Ainda no primeiro tempo, Aylon recebeu de Anderson e fez o segundo. No último minuto, Andrigo não fez o terceiro, mas falhou cara a cara com o goleiro.
  • Segundo tempoO São Paulo, que não teve nenhuma conclusão no primeiro tempo, tratou de sair ao ataque no segundo. Com 3 minutos de jogo, Rafael Pilões tomou de Fernando Bob e, sozinho, tentou o gol. Alisson pegou. No rebote, uma nova conclusão dos visitantes e Ernando afastou. Mas foi tudo. Em seguida, Vitinho, aos 7 minutos, tentou de falta, a bola acertou a barreira, e na volta ele bateu ainda mais forte colocando na rede o terceiro do Colorado. O Inter administrou a partida e garantiu a classificação.

DESTAQUES

  • Esperanças frustradasO São Paulo de Rio Grande tinha muita esperança, mas os resultados recentes não recomendavam isso. O time não vencia há sete partidas. Acabou eliminado pelo Inter.
  • William, nãoPunido com seis jogos de suspensão devido ao lance em que fraturou a mandíbula do gremista Bolaños, William teve efeito suspensivo negado e cumpriu o primeiro jogo da pena.

Melhores

  • Anderson, InternacionalComeçou a jogada do segundo gol buscando no campo de defesa e dando assistência para Aylon. Foi o responsável pela criação de jogadas do Inter.

Piores

  • PC Magalhães, InternacionalContribuiu pouco e acabou substituído ainda no primeiro tempo de jogo.

UOL Cursos Online

Todos os cursos