Dispensado pelo Inter fez golaço no Beira-Rio e pode ter nova 'vingança'

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Jô começou a brilhar no futebol gaúcho pelo Cruzeiro-RS. A boa campanha em 2011 o levou ao Internacional. Lá, porém, jamais teve chances. Foi dispensado e começou o processo de recuperação da carreira. Conseguiu. Em 2015 marcou um golaço de bicicleta contra o Colorado e neste sábado às 16h20 (horário de Brasília) prepara nova 'vingança'. 

Atualmente no São José, o rápido atacante é um dos destaques do Gauchão. Empresários ofereceram sua contratação ao Grêmio, que de cara descartou o investimento. Mas mesmo sem chance no outro grande da capital gaúcha, Jô é um dos mais valorizados atletas dos clubes menores do Estado neste momento. 
 
Foram quatro gols no Gauchão, sendo fundamental na campanha do São José, que terminou a primeira fase como vice-líder e decide uma eventual ida à final em casa. Antes, porém, precisará encarar novamente o Beira-Rio.
 
Só que o estádio do Inter traz boas lembranças a Jô - depois que ele deixou de defender o Colorado. Em 2015, um cruzamento foi aparado de bicicleta por ele, de fora da área, encobrindo Alisson e se transformando no gol mais bonito da edição daquele ano do Estadual. 
 
Agora, a meta é ter nova 'vingança' provando que a dispensa com poucas oportunidades no time vermelho não teve justificativa. 
 
A trajetória no Internacional durou pouco. Sem qualquer chance no time de cima, Jô teve contrato firmado em junho de 2011. Em setembro o vínculo foi rescindido, ele dispensado e assinou com o Vila Nova-GO, em outubro já estava no Luverdense-MT, no ano seguinte passou pela Chapecoense. Em 2013 defendeu Lajeadense e Novo Hamburgo. Em 2014 assinou com o Paulista, mas terminou a temporada no Paysandu. Em 2015 jogou pelo São José e foi cedido ao Juventude no segundo semestre. Neste ano, voltou ao clube. 
 
Lateral consegue efeito suspensivo
 
O jogo de volta da semifinal está marcado para o próximo sábado, dia 23. Neste, o Inter terá a volta do lateral direito William, que estava suspenso por conta da agressão ao equatoriano Bolaños no clássico Gre-Nal 409. O TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) concedeu efeito suspensivo ao atleta, que já cumpriu dois dos seis jogos de suspensão. A liberação dura até novo julgamento. 
 
"O William é um jogador importante e que vinha muito bem. Sem dúvida alguma é um grande reforço para o jogo", disse o técnico Argel Fucks. "Sinceramente não sei porque teve julgamento. Porque no dia seguinte já tinham condenado, enforcado o William. O efeito suspensivo te dá uma justiça, para que o jogador possa participar e fazer seu trabalho. A jogada foi uma fatalidade, ficamos tristes, mas às vezes acontece. Não é culpa de ninguém. Agora é importantíssimo ter ele no elenco", finalizou. 
 
FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X SÃO JOSÉ
Data e hora: 16/04/2016 (Sábado), às 16h20 (Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: Globo e PPV
Árbitro: Daniel Bins
Auxiliares: Max Augusto Guimarães e Fabrício Lima Bassegio
INTERNACIONAL: Alisson; William (Fabinho), Paulão, Ernando e Arthur; Fernando Bob, Anderson (Fabinho), Andrigo e Eduardo Sasha; Aylon e Vitinho.
Técnico: Argel Fucks
SÃO JOSÉ: Fábio; Bindé, Éverton, Wagner e David; Felipe Guedes, Rafael Carrilho, Diego Torres e Rafinha; Jô e Heliardo.
Técnico: China Balbino
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos