Inter usa hotel de polêmica na seleção. Tudo para esconder treinamento

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeremias Wernek/UOL

    Resort Vila Ventura,em Viamão, foi motivo de polêmica na seleção e recebeu o Inter

    Resort Vila Ventura,em Viamão, foi motivo de polêmica na seleção e recebeu o Inter

O Internacional não treinou no Beira-Rio nesta quinta-feira. Com o estádio fechado para troca do gramado, Argel não abriu mão do treinamento fechado e levou o Colorado para treinar no Resort Vila Ventura, em Viamão, na zona metropolitana de Porto Alegre. O hotel foi motivo de polêmica na passagem da seleção brasileira por solo gaúcho no fim de março. 

Lúcio, que foi auxiliar pontual da seleção brasileira naquela série de jogos, é um dos sócios do Vila Ventura. A presença dele enquanto profissional da seleção no hotel do qual é um dos donos gerou muito debate. 

Não foi a primeira vez que o Internacional usou o local. Dunga, atual técnico da seleção, chegou a levar o time vermelho para uma série de atividades por lá. 

A preferência por Viamão se dá pela estrutura, já que há outros campos de treinamento disponíveis em Porto Alegre que ofereceriam igual privacidade. 

Nesta quinta-feira, o treinamento não contou com a presença de jornalistas ou mesmo torcedores. A entrevista coletiva do goleiro Alisson, inclusive, aconteceu antes do trabalho para evitar qualquer espionagem. 

O Inter se prepara para o jogo contra o Juventude, que abre a final do Gauchão, no domingo às 16h (horário de Brasília), em Caxias do Sul. O departamento jurídico do clube tentará liberar William da suspensão pelo lance com Bolaños ocorrido no último Gre-Nal. Caso não consiga, a provável escalação tem: Alisson; Paulo Cezar Magalhães, Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Anderson e Andrigo; Eduardo Sasha e Vitinho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos